ás

Hands-on: Jogamos Battlefield Hardline na BGS 2014 (e gostamos do que vimos)

Durante a BGS 2014, a Warner disponibilizou aos visitantes da feira uma partida multiplayer de Battlefield Hardline, novo título de uma das maiores franquias de FPS do universo dos jogos, que será lançado para PS4, Xbox One, PS3, Xbox 360 e PC em 2015. Com cerca de trinta computadores, os visitantes entravam no estande e se acomodavam, se deparavam com um campo vasto de guerra e artilharia pesada. O objetivo? Derrotar o time inimigo, como no multiplayer clássico do jogo, que permitiu uma grande interação entre os jogadores presentes no evento.

Assim como outros jogos da série, o título se destaca por seus gráficos impecáveis. O nível de detalhes é grande e mostra esmero, o que torna o game agradável aos olhos. Os traços são realistas, reflexos aparecem de forma bem definida e vistosa em armas, na água e em veículos que aparecem durante a batalha, como carros de polícia e motos, que claro, os jogadores podem interagir e dirigir pelo cenário, causando estrago ou não. Apesar de estes serem os únicos veículos disponíveis para teste, sabemos que o jogo completo terá outros mapas, e neles, veículos maiores e mais perigosos, como tanques — símbolo de veículo no campo de guerra da série — e caças, além de transporte aéreo, como aviões e helicópteros.

P1030854

Battlefield Hardline também se destaca pelo vasto campo em que o contra acontece. Não é possível ver o final do campo. Se olhar até o final do horizonte do cenário, dá a impressão de que é infinito, que você pode andar e nunca parar. Ao mirar a câmera para o céu, percebe-se um belo pôr-do-sol, nuvens bem definidas e até mesmo presença de alguns pássaros.

Os controles disponíveis eram mouse e teclado, os mais aceitos pela comunidade para jogar esse estilo de game. Eles se mostraram fluidos, e respondiam rápido ao comando do jogador. Dá para arriscar dizer que a resposta era praticamente imediata. O mapa com GPS, já conhecido, manteve as características títulos anteriores, sendo preciso ao localizar inimigos e determinar a distância existente entre o jogador e ele. Objetivos também apareciam no mapa.

battlefield-hardline-gameplay-playreplay

Ao finalizar a batalha, uma tela com as estatísticas de cada time e do próprio jogador era exibida. Caso você sofresse morte no campo, por exemplo, era mostrado o local em que foi atingido. A tela também mostrava o mapa e a movimentação que houve nele.

O jogo se mostrou um bom produto final. O maior atrativo de Battlefield Hardline é, sem sombra de dúvidas, seu visual, que se manteve com a qualidade excelente já apresentada em títulos anteriores da franquia. No estande, além do título, outros jogos foram abertos para apreciação do público, como Mortal Kombat X, Resident Evil Revelations 2 e Shadow of Mordor.

Compartilhe