ás

Hands-on: Testamos Star Wars Battlefront

Já era de se imaginar que Star Wars Battlefront seria uma das principais atrações da BGS 2015. Afinal, um jogo de multiplayer contra 40 pessoas simultâneas não é um jogo qualquer.

Filas imensas se formavam no stand da Warner, tudo por alguns minutos no controle da versão beta de Star Wars, rodando em três PlayStation 4. E mesmo com toda a espera, não hesito em dizer: valeu a pena, eu garanto!

sw1

O modo apresentado na feira foi o co-op, onde duas pessoas dividiam a tela para encarar hordas intermináveis de soldados imperiais nos solos de Tatooine. Passou longe de ser uma batalha fácil, já que não tínhamos à mão os nossos sabres de luz ou A Força, restando contar com a sorte e com a nossa experiência no manejo das blasters.

 

Os personagens não são customizáveis, mas seu equipamento sim. O jogo oferece cinco tipos de blasters diferentes, cada uma priorizando um status (dano, mira, velocidade do tiro, etc.), e você pode escolher a arma que melhor se adequar ao seu estilo de jogo.

sw2

Escolhida a arma, passamos para a seleção dos equipamentos secundários e já fomos direto para a exploração do mapa. As paisagens desérticas de Tatooine foram reproduzidas com perfeição, para não deixar nenhum fã da série desapontado. Contudo, segure o seu queixo e fique bastante atento, pois ondas de inimigos podem surpreendê-lo pelas costas, principalmente se você estiver distraído admirando as naves se chocando pelo céu. Tinha até AT-ST no meio da muvuca toda!

Os assinantes do PlayStation Plus tiveram a oportunidade de jogar essa versão beta, mesmo sem ter ido à BGS. E com direito a jogar como Darth Vader ou Luke Skywalker.

Se você ficou de fora dessa, o jeito é conferir o trailer abaixo e aguardar até o lançamento do jogo, previsto para 17 de novembro, para PC, Xbox One e PS4.

Os comentários estão fechados.