ás

Testamos Super Mario Odyssey

Para muita gente — eu, inclusive — Super Mario Odyssey era o jogo mais aguardado dessa E3. Assim que a feira abriu, me posicionei para ser um dos primeiros a jogar, e não me arrependi dessa decisão. A grande novidade desse Mario é a introdução do Cappy, o chapéu que pode possuir outros seres e objetos, além de poder ser usado como arma ou plataforma ao ser lançado. A Nintendo pediu que jogássemos com 2 joy-cons separados, o que permitia o uso de controles por movimento para o lançamento do Cappy. Dependendo do movimento, o lançamento era realizado em arco, ou diretamente à frente.

A demo apresentada pela Nintendo possuía 2 fases para se escolher: New Donk City e Sand Kingdom. Comecei minha jornada pelo Sand Kingdom, que parece uma fase tradicional de um Mario 3D, com áreas diferentes, e muitos segredos para explorar. Durante a demo, pude testar as habilidades do Cappy ao possuir Bullet Bills e uma nova criatura parecida com Moais. Além disso, em alguns momentos da fase, ao se entrar em um cano, Mario era transportado para dentro da parede, em 2D, à la A Link Between Worlds. Nesses momentos, Mario tomava o visual 8-bit clássico e era jogado em seções de plataforma à moda antiga.

New Donk City foi uma experiência bem diferente, muito mais similar a um jogo realmente de mundo aberto. Sem dúvida alguma, não dava pra aproveitar tudo o que a versão de demonstração do jogo tinha pra oferecer no curto período liberado para testes. No começo da fase somos guiados até a prefeita Pauline (a mesma do Donkey Kong original), que pede ajuda para encontrarmos quatro músicos para a festa da cidade. Alguns deles são fáceis de encontrar, outros estão mais escondidos. Nesse meio tempo, parti para explorar a cidade. Com tantas áreas, é fácil se distrair de sua missão principal. Mario pode dirigir uma lambreta pela cidade, entrar em prédios diferentes, sendo levado para outras áreas com novos desafios e plataformas. Quando me dei por conta, o tempo do demo já estava acabando.

Super Mario Odyssey já era meu jogo mais aguardado do ano, e a demo só reforçou isso. Os controles são ótimos, como já era de se esperar de um jogo do Mario, e as novas habilidades e level design prometem uma experiência excelente. Super Mario Odyssey será lançado em outubro desse ano, exclusivamente para o Nintendo Switch.