ás

Hands-On: Testamos Forza Motorsport 6 na BGS 2015

Andando pela edição da Brasil Game Show, observando os jogos e novidades que disponíveis pra galera quando, ao entrar no estande do Xbox, me deparo com alguns consoles rodando Forza Motorsport 6. Bacana! Tenho mesmo o costume de jogar games de corrida pelo controle, é super normal e tranquilo… mas, quando viro para trás, vejo uma série de cockpits! Era a chance de testar o simulador de corrida realmente simulando uma corrida, com direito a pedais e volante, tornando a experiência com Forza 6 na BGS uma experiência extremamente imersiva.

Devo dizer que, por mais que não seja um grande fã de jogos de corrida, só a ideia de poder “brincar” num desses cockpits já me empolgou — ainda mais com um jogo tão bem trabalhado quanto Forza 6. A versão do jogo apresentada o estande contava com uma corrida com cerca de 20 carros liberados, e por padrão trazia a câmera em primeira pessoa, com visão de dentro do veículo (o que, em conjunto com o cockpit, ajudava ainda mais a ampliar a imersão).

Sentei no banco de motorista e me preparei para ganhar essa corrida — só faltou colocar o cinto e o capacete para completar a encenação —. Partindo do último lugar, acelero feito louco para tentar ganhar o máximo de posições logo na largada e, para a minha sorte, consegui pegar oitavo lugar. Jogando com esses controles especiais, me senti inspirado a correr cada vez mais e mais, subindo para o quinto lugar. Uma pena que, depois disso, fiquei apenas seguindo os quatro primeiros lugares, conseguindo passar o quarto apenas na reta final. Mas fiquei bem satisfeito com o que conquistei ali, mesmo que o quarto lugar não suba no podium.

Durante toda essa aventura, cheguei a várias conclusões. Forza sempre foi uma série com gráficos bem trabalhados e garanto que sua sexta edição não deixa a desejar: a ambientação e os carros são muito detalhados, utilizando bem os efeitos de iluminação, trazendo cada vez mais a realidade para as telinhas. Algo que vale frisar é que senti facilidade para conduzir o carro utilizando o cockpit, percebendo algum tipo de otimização nas curvas, por exemplo, para não perder tempo e velocidade durante o percurso.

Infelizmente não pude observar o dano causado nos carro com as batidas, já que estava utilizando a câmera em primeira pessoa (e a partida estava tão imersiva e intensa que nem cogitei trocar o modo de câmera) mas garanto que, independente disso, Forza 6 é um jogo praticamente obrigatório para fãs de corridas automobilísticas.

Forza Motorsport 6, título exclusivo do Xbox One, já pode ser encontrado nas lojas desde o dia 15 de setembro desse ano.

Os comentários estão fechados.