ás

Hands-on: The Evil Within é um dos jogos mais assustadores da BGS 2014

Com tantos jogos bons na Brasil Game Show, The Evil Within com certeza é um dos destaques. Apresentado como o futuro dos jogos do gênero survival horror, o jogo está disponível para testes em uma versão demo na BGS, e pudemos testá-la — e ficar com um “gostinho de quero mais” ao terminar a jogatina.

A demonstração começa com uma cutscene interativa, onde você apenas controla o protagonista de forma bem limitada. Em seguida o jogo começa, trazendo uma ambientação sombria: você está em uma floresta e o único caminho a seguir te leva diretamente a uma mansão abandonada. Dentro dela, é necessário resolver três puzzles para abrir a porta principal e dar continuidade ao jogo. A demo dura cerca de 10 minutos, então não deu para fazer muita coisa. Foi possível resolver apenas cerca de 1/3 do puzzle e ir até a metade do caminho da segunda parte dele.

the-evil-within-playreplay-001

A ambientação de The Evil Within é muito bem trabalhada, criando um clima de suspense e terror, com gritos vindos do nada para dar aquele gelo na espinha. Os inimigos tendem a aparecer após alguns acontecimentos, buscando dar sustos pontuais no jogador, então prepare o psicológico para não dar gritos na frente dos outros.

A jogabilidade segue um esquema semelhante ao de Resident Evil 6, da Capcom, então quem já conhece RE6 de trás pra frente não terá problemas em se adaptar a The Evil Within. Mas, mesmo para quem não tenha jogado o game protagonizado por Chris e Leon, os comandos do novo jogo do mestre Shinji Mikami são bem simples e fáceis de pegar.

the-evil-within-playreplay-002

Apesar de a demo ser curta, foi possível testar algumas possibilidades que o jogo trará quando for lançado. Por exemplo, é possível utilizar garrafas para explodir bombas de aproximação ou até mesmo para distrair inimigos, se esconder no armário (no sentido literal), usar o modo stealth para desarmar essas bombas de aproximação e pegar vários outros itens que, devido ao curto tempo disponibilizado para testar o jogo, infelizmente não consegui descobrir do que se tratavam. Ainda assim, ficou evidente que The Evil Within contará com uma grande diversidade de itens quando for lançado.

Firmo aqui que The Evil Within é uma das maiores e principais atrações da BGS 2014 e, caso ainda não tenha testado, é uma obrigação sua como gamer testar (se você for à BGS, claro).

the-evil-within-playreplay-003

Compartilhe