Conecte-se conosco.

Games

Monte seu próprio videogame retrô com menos de R$300,00 usando um Raspberry Pi

Publicado

em

Armazene seus backups de Snes, Nes, Mega Drive, Master System, Atari e outros em um só micro-console retrô e relembre os tempos áureos sem gastar muito


Juntar todos os consoles em um só sempre foi um sonho que tive, realizado em partes quando tomei posse de um PlayStation 2 e posteriormente de um Wii. Apaixonado por consoles antigos, achei na emulação a oportunidade de experimentar relíquias de vinte ou trinta anos atrás, sem desembolsar fortunas ou perder semanas em negociatas no eBay.

“Mas pera lá, isso é legal?”— Não, não é. E em vista disso, frisamos que este post visa apenas a manutenção de cópias de segurança de games que você já possui e nada além disso. Usar este poder para o bem ou para o mal é por sua conta e risco, ok?

Dito isso, vamos falar um pouquinho do Raspberry Pi, ingrediente chave para a nossa engenhoca funcionar: O RPi é um micro-computador do tamanho de um cartão de crédito, mas possante o bastante para o que precisamos. Sua última versão conta com um processador quad-core de 900mhz e 1gb de Ram, além de gerar vídeo em HD e suportar cartões micro-SD. Excelente, não?

retropie-board-playreplay



 

Mãos à obra:

Eis os itens necessários para você montar o seu próprio console:

  • Raspberry Pi (você pode escolher entre a V2 ou a B+. A V2 é a mais nova e atualizada, ao passo que a B+ tem configurações mais modestas, mas ainda funcionais);
  • Cabo HDMI para conectar o Raspberry à TV;
  • Fonte USB de 5V e 2A (eu não tinha uma e consegui bons resultados com um carregador de celular/tablet);
  • Cartão Micro SD de 16gb – Classe 10 (friso que seja Classe 10, pois a velocidade de transferência é crucial para o bom funcionamento do nosso videogame)
  • Internet e um cabo ethernet OU um dongle Wi-Fi;
  • Teclado USB (não precisa comprar um teclado específico para o RPi. O do seu PC já serve, já que o utilizaremos apenas para as configurações iniciais);
  • Joystick USB (o RPi é compatível com os joysticks de PS3 e Xbox 360, mas seu processo de instalação é mais complexo e fica para um segundo momento);
  • Um pendrive para levar os jogos até o RPi.

Reparem que boa parte dos itens listados acima você já deve ter em casa, restando apenas a compra do Raspberry Pi. Por se tratar de um micro-computador com fins estudantis, você consegue achá-lo por cerca de US$45 se quiser importar o seu, ao passo que no Brasil, fazendo boas buscas no Mercado Livre ou na Farnell (distribuidor oficial), a V2 não sai por menos de R$200,00.

 

1º Passo: Instalando o Sistema Operacional

Com todos os itens em mãos, o primeiro passo é montar o Sistema Operacional do Raspberry. Para o nosso projeto nós vamos usar o RetroPie, que é uma modificação do Raspbian — SO padrão do RPi — específica para o retrogaming. Nele estão reunidos boa parte dos emuladores e drivers necessários, reduzindo drasticamente o nosso trabalho.

retropie-playreplay

Selecionamos aqui um link para download, tanto da B+ quanto para o V2. Fique atento para trabalhar com os arquivos certos, ok? O download deve ter aproximadamente 800mb.

Outro ponto a ser observado é que os arquivos virão em imagem, então não basta copiá-lo para o seu cartão SD. Caso não saiba como proceder, você pode clicar no nome do seu sistema operacional e seguir as instruções: Windows, OS X, Linux.

Obs: Recomendo fortemente usar computadores ou notebooks com entradas USB nativas. Leitores genéricos de cartão costumam ser lentos, além de haver a chance de corromper arquivos.

 

2º Passo: Ligando seu Raspberry Pi

Após a cópia dos arquivos para o seu cartão SD, ejete-o de maneira segura e o insira em seu Raspberry Pi. Em seguida, basta conectar seu cabo HDMI, o teclado USB, o cabo de rede e ligá-lo na tomada. Reparou que ele ligou direto? Pois é, o Raspberry não tem um botão liga/desliga, então uma vez alimentado, ele já está ligado e pronto para uso. Por se tratar de um aparelho diminuto, seu consumo de energia é relativamente baixo, então não precisa se preocupar em deixá-lo ligado por um longo período de tempo.

Logo de cara, ele inicializará o Emulation Station, que nada mais é que um front-end dedicado à emulação. Seu joystick USB já deve estar funcionando normalmente, assim como o seu teclado. Vamos aproveitar pra fazer algumas configurações básicas?

 

3º Passo: Expandindo o cartão SD:

Pressione F4 em seu teclado para ir para o terminal, que é a tela preta onde podemos entrar com os comandos diretamente. Por lá, vamos fazer com que o RPi reconheça todo o seu cartão SD, além de configurar o layout do seu teclado.

digite: sudo raspi-config

Com isso, você verá este menu de configuração:

raspi-config

Entre no item 1 e o RPi liberará todo o espaço disponível em seu cartão SD, deixando tudo prontinho pra que você transfira seus jogos. Aproveite o embalo e configure uma senha para o seu usuário, entrando no item 2. Na opção 4 é possível configurar o layout do seu teclado, facilitando o trabalho no terminal.

Por último, vá até a opção 7 e configure um overclock em seu RPi, otimizando seu dispositivo para melhorar a performance nos jogos. Esse passo é completamente opcional, uma vez que pode comprometer a durabilidade do seu gadget. Eu configurei o meu no high e não senti muita diferença na temperatura da placa.

overclock-retropie-playreplay

 

4º Passo: Ajustes finos

De volta ao terminal, basta digitar ‘emulation station’ no terminal pra que o RPi volte à interface de jogos. Pressionando Start em seu joystick (que já deve ter sido detectado), é possível configurá-lo. Contudo, essa opção apenas configura o seu uso para o Emulation Station, sem nenhuma interferência nos jogos em si. Para configurá-lo realmente, você deve ir até o menu RetroPie, onde você pode ainda fazer ajustes de áudio entre outras opções que não vamos mexer agora.

 

5º Passo: Transferindo seus jogos

Uma vez que a internet já está configurada em seu RPi, você pode ligá-lo à sua rede através de SFTP ou simplesmente transferir suas cópias de segurança de jogos via pendrive. Nós vamos ensinar os dois processos, cabendo a vocês decidir pelo mais prático:

 

– Pendrive: Formate seu dispositivo com o sistema FAT 32 (NTFS e afins não são reconhecidos pelo sistema Raspbian) e crie uma pasta chamada RetroPie. Ao conectar seu pendrive no RPi, automaticamente serão criadas as pastas de Bios e Roms, separadas por sistema.

Agora basta você espetar seu pendrive no computador e gravar os backups em suas respectivas pastas. Quando você conectar o pendrive no RPi, ele mesmo fará o download, tudo de modo automático.

(Atente para a luz do pendrive piscando! Este é um sinal de que não deve desconectá-lo ainda.)

 

– SFTP: Baixe em seu computador um cliente FTP. Nós recomendamos o Filezilla, um dos mais tradicionais e confiáveis do mercado. Feito isso, basta entrar com o IP do RPi (caso não o saiba, digite ifconfig no terminal), nome de usuário (pi, por padrão) e a senha definida no passo 3 deste tutorial.

Captura de Tela 2015-05-20 às 16.32.11

Já definida a rede, vá até o seguinte diretório:

/home/pi/RetroPie/Roms

Agora é só enviar os backups para as suas respectivas pastas e pronto!


 

Difícil? Não, só um pouquinho trabalhoso. Dá pra melhorar algumas configurações e refinar ainda mais o seu RetroPie, mas só com essas configurações básicas já é possível se divertir bastante relembrando os velhos tempos.

Não custa nada repetir, mas a nossa ideia ao divulgar este tutorial é apenas fortalecer a cena retrô gamer brasileira e dar a oportunidade aos que não têm acesso de jogar preciosidades perdidas pelo tempo ou que não foram traduzidas para nenhum idioma ocidental. Portanto, não temos nenhum link para download dos backups e tampouco queremos vê-los em nossos comentários, ok?

Formado em Publicidade e Propaganda e retrô gamer apaixonado, tem predileção pelos 8 bits. Lê e relê suas revistas de video game antigas todas as noites na hora de dormir. Antes de vir para o PlayReplay, coordenou a área de diagramação do GameBlast.

Destaques

Kingdom Come: Deliverance | Os 5 melhores mods para o jogo

Kingdom Come conta com mods que podem consertar problemas do jogo ou que simplesmente contornar mecânicas irritantes.

Publicado

em

kingdom come capa

Apesar de ter sido lançado há pouco tempo, Kingdom Come: Deliverance já se mostrou ser um grande sucesso, especialmente entre os fãs de RPG que queriam algo diferente dos clichês de sempre.



É claro que um jogo deste porte e com tantos jogadores ativos acaba apresentando diversos problemas e algumas mecânicas que não agradam todo mundo.

Felizmente, os jogadores de PC podem contar com modificações feitas especificamente para resolver esses probleminhas. Você pode conferir nossa lista dos cinco mods mais úteis para Kingdom Come logo abaixo!


5. Faster Arrows

Em Kingdom Come: Deliverance, você só conta com armas reais, então aqueles que dão preferência a um estilo de combate de longa de distância, podem acabar gostando de lutar mais com um bom e velho arco e flecha.

O único problema é que o sistema de arco e flecha do jogo não é tão realista assim e as flechas são bem mais lentas do que deveriam ser. Para resolver isso, você pode usar o mod “Faster Arrows”, que ajusta a velocidade das flechas de modo mais aproveitável. Clique aqui para baixá-lo.

4. Cheap Training

Assim como em muitos outros RPGs, você pode pagar por treinamentos para melhorar certas habilidades, mas isso é algo extremamente caro em Kingdom Come.

É claro que você pode fazer bastante dinheiro no jogo, mas isso certamente vai demorar dezenas de horas. Para não sofrer tanto com o preço dos treinamentos no início do game, basta usar o mod “Cheap Training”. Ele diminui o preço para 50% ou 10% do valor original, dependendo do que você preferir. Clique aqui para baixá-lo.

3. Unlimited Weight

O mod “Unlimited Weight” é bem mais superficial e serve para aqueles que não gostam de lidar com sistemas de peso em jogos deste tipo. Basicamente, você pode carregar o que quiser sem se preocupar com o peso dos itens. Você pode clicar aqui para baixar o mod.

2. Sectorial Lockpicking

Quem já jogou qualquer game mais moderno da Bethesda sabe o quanto seus minigames de fechadura são irritantes, mas elas são toleráveis quando você aprende exatamente como elas funcionam.

Já o sistema que implementaram em Kingdom Come consegue ser ainda pior e até os desenvolvedores do game já prometeram sua alteração em uma atualização futura. Enquanto isso não acontece, você pode usar o mod “Sectoria Lockpicking”, que deixa o minigame mais viável sem modificá-lo de maneira extrema. Clique aqui para baixá-lo.

1. Unlimited Saving

Por fim, não dava para deixar de fora um dos mods mais úteis que foram disponibilizados até agora para Kingdom Come. Se você já jogou o título, deve ter percebido que não dá para salvar a qualquer momento, já que você precisa usar o item “Saviour Schnapps” toda vez que quiser fazer isso.

Como você só tem um número limitado deste item, acaba sendo irritante ter que esperar o jogo chegar em um checkpoint (para salvar sozinho) e tomar cuidado extra para não perder o progresso de horas por algum problema do próprio game, que ainda é bem instável. Felizmente, o mod “Unlimited Saving” resolve isso e permite que você salve a qualquer momento e lugar. Baixe-o neste link.

Continue lendo

Games

Switch | Acessório transforma o console da Nintendo em um mini arcade

Agora você já pode dar uma surra de Hadoukens nos amigos simulando fliperamas em casa

Publicado

em

Sabe aquele seu amigo que sempre perde pra você nos jogos de luta pelos fliperamas da vida? Agora você vai poder dar uma surra nele simulando a experiência dos arcades com o Switch!


Veja também:


Graças ao acessório Face-to-face Arcade Stand desenvolvido pela empresa japonesa Columbus Circle, é possível usar dois consoles da Nintendo em modo multiplayer “transformando” os dois Switchs em um mini arcade.

O acessório requer a utilização de dois consoles, somando duas telas e quatro controles Joy-Con. Cada jogador deve inserir seu Switch em um dos lados do estande, como você pode conferir nas imagens, de forma que o acessório se transformará em um fliperama em miniatura.

Segundo o pessoal da Anime News Network, o estande tem os devidos espaços para ventilação, visando impedir o superaquecimento dos consoles acoplados.


O Face-to-Face Arcade Stand custa 8964 ienes, algo em torno de 272 reais, vem nas cores vermelho e preto ou somente preto, e deve começar a ser enviado aos clientes da Columbus Circle a partir de maio.

A vibe do produto lembra a ideia do Nintendo Labo, o novo produto anunciado pela Nintendo que visa usar papelão para criar diferentes experiências com o Switch. Com o Labo é possível “transformar” seu Switch em diferentes produtos, como pianos e varas de pescar.

Continue lendo

Games

Super Mario Odyssey | Guia para speedrun em Lake Kingdom

Publicado

em

Super Mario Odyssey é o jogo mais recente do maior mascote da Nintendo. Exclusividade do Nintendo Switch, o game do encanador conta com um total de 999 Moons para coletar em seus reinos repletos de desafios. Cada nível tem duas Luas associadas a corridas contra tartarugas no Koopa Freerunning. Neste tutorial, ensinamos as dicas para você ganhar a corrida do Lake Kingdom e percorrer a melhor rota para speedrun.


Veja também:


A corrida do Lake Kingdom não é muito complexa em sua rota, mas contém o trecho que exige maior paciência para ser dominado, já que é preciso nadar e controlar muito bem a altura de seus pulos. Para referências visuais, clique no vídeo acima, onde explicamos o processo detalhadamente.

A partir do começo, segure o botão ZR e então aperte Y para fazer o Mario rolar. Aproveite o impulso do movimento e passe ao lado da criatura gordinha para não perder tempo. De lá, cronometre bem o seu pulo e salte sobre o Cappy apertando rapidamente o botão Y, depois ZR, e então segurando Y novamente para quicar no boné.


O grande desafio, devido a falta de referências visuais no chão para guiar o seu pulo, é calcular perfeitamente a distância que permite ao Mario quicar no boné e, então, acertar em cheio a quina da grande plataforma em frente, que é a rota mais próxima até a linha de chegada. É preciso treinar e calcular certinho dezenas de vezes até pegar o timing correto, então não desista!


Consulte nossos outros guias de corrida:


Depois de acertar esse pulo, o resto é moleza: quique na flor em frente, depois aperte ZR sobre a plataforma para dar uma bundada e agilizar sua queda e, finalmente, siga em um único rolamento acelerado até o ponto de chegada.

Se você tiver alguma dúvida, clique no vídeo mais acima, que ensina tudo passo a passo. Também preparamos uma série de outros guias de moons e speedruns, que você pode acessar nos links acima.

Continue lendo

Últimas notícias

Games4 horas atrás

Switch | Acessório transforma o console da Nintendo em um mini arcade

Agora você já pode dar uma surra de Hadoukens nos amigos simulando fliperamas em casa

Cinema5 horas atrás

Hebe Camargo | Andréa Beltrão interpretará a apresentadora nos cinemas

Cinebiografia da saudosa apresentadora ainda não tem uma data de estreia definida

assassin's creed assassin's creed
Games6 horas atrás

Humble Bundle | Jogos da Ubisoft estão em promoção no site

Os descontos em jogos das franquias Assassin's Creed, Far Cry e South Park chegam até 75% do preço original.

fable fortune capa fable fortune capa
Games7 horas atrás

Fable Fortune | Jogo free-to-play será lançado no Xbox One e PC

Depois de quase um ano em acesso antecipado, Fable Fortune será lançado oficialmente ainda esta semana.

Literatura9 horas atrás

Super Mario | Dark Horse lançará enciclopédia sobre os jogos

Demorou, mas a Super Mario Encyclopedia está sendo traduzida e preparada para um lançamento no ocidente neste exato segundo, pelas...

grand theft auto grand theft auto
Games11 horas atrás

Grand Theft Auto V | Edição Premium do jogo aparece na Amazon

A tal edição especial de Grand Theft Auto V foi retirada rapidamente da Amazon e a Rockstar não se pronunciou...

Música11 horas atrás

James Bay | Novo clipe Wild Love traz a Nancy de Stranger Things

O cantor James Bay, um dos nomes mais quentes da atualidade, está bombando com um clipe inédito, o single Wild...

Cinema11 horas atrás

Pantera Negra | Kevin Feige o considerou o melhor filme da Marvel

Ainda nem faz uma semana completa desde a estreia de Pantera Negra, o mais novo filme da Marvel, mas, além...

Notícias12 horas atrás

Sabrina | Atriz afirma que a Aprendiz de Feiticeira não pertence ao mesmo universo de Riverdale

Chances de um crossover entre as duas séries estão cada vez menores

the missing the missing
Games13 horas atrás

The Missing | Novo jogo do criador de Deadly Premonition é anunciado

Hidetaka “Swery” Suehiro prometeu que seu novo projeto irá surpreender a todos.

Cinema13 horas atrás

Fullmetal Alchemist | Live-action está disponível na Netflix

A aventura de Ed e Al em busca da Pedra Filosofal chegou hoje à Netflix

earthbound earthbound
Games14 horas atrás

Earthbound | Funko possui licença para lançar bonecos da franquia

Mesmo tendo os direitos para produzir bonecos de Earthbound, a empresa nunca anunciou nada sobre o assunto.

Games15 horas atrás

Mega Man Legacy | As duas coleções devem ser vendidas juntas no Switch

A Capcom ainda não confirmou a informação, mas uma página do ESRB mostra os dois jogos sendo classificados juntos.

darkest dungeon darkest dungeon
Games16 horas atrás

Darkest Dungeon | Jogo chega ao Xbox One este mês

A Red Hook Studios oferecerá o DLC Crimson Court de graça nos primeiros dois meses do jogo no consoles da...

Cinema1 dia atrás

Tomb Raider | Mattel vai lançar Barbie da Lara Croft

A famosa arqueóloga Lara Croft está prestes a estrelar um novo filme e, para coroar a ocasião, a Mattel já...

Em alta