ás

Retrô: Super Mario Bros. e o nascimento de uma estrela

Shigeru Miyamoto pode ser considerado uma das personalidades mais importantes do mundo dos videogames. Suas criações definiram, por mais de uma vez, os rumos de toda a indústria, seja por modos inovadores de jogo ou até mesmo por formas até então inimagináveis de se jogar. Mas talvez a maior contribuição do desenvolvedor tenha sido a criação de um personagem que viria a se tornar o Mickey Mouse dos videogames.

Mario surgiu timidamente como Jumpman, o herói que deveria salvar Pauline das garras do maléfico e ciumento Donkey Kong. O jogo foi um grande sucesso e ajudou a Nintendo a firmar seu espaço no Ocidente, mas foi com Super Mario Bros. que Jumpman se tornou um ícone dos videogames e acabou definindo não apenas uma geração, como também os videogames da forma que são hoje, já que este foi um dos jogos responsáveis por salvar a indústria do crash dos anos de 1980. E ainda dizem que o Mario só serve para salvar a mesma princesa há quase 30 anos…

A gênese dos jogos de plataforma

Apesar de Donkey Kong ter arranhado a superfície de um gênero que viria a se tornar referência, foi com Super Mario Bros. que os games de plataforma se tornaram populares. O que poucos sabem é que toda aquela história de pular na cabeça de tartarugas quase não aconteceu. Quando pensado pela primeira vez, Super Mario Bros. foi idealizado como uma espécie de shooter que teria uma jogabilidade muito diferente da que conhecemos.

PlayReplay Super Mario Bros 1

Entretanto, por alguma razão, Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka decidiram mudar tudo e focar o gameplay em algo mais “família”, com muito mais saltos do que tiros. Para completar com a cereja do bolo, a temática do jogo era muito fora dos padrões imaginados para aquela época, por consistir na história de um encanador que deveria atravessar o Reino do Cogumelo derrotando um exército de tartarugas para salvar uma princesa, tudo isso enquanto coleta moedas e cogumelos que o fazem crescer e se tornar mais forte. O que um bom chá de cogumelos não é capaz de fazer a duas mentes geniais, não é?

A desculpa oficial para a temática é a de que o jogo foi baseado em contos folclóricos sobre florestas mágicas, em que as pessoas vagavam em busca de cogumelos mágicos para comer. Bem estranho, mas tudo bem, afinal, quem disse que videogames têm que fazer algum sentido? Os tais cogumelos mágicos também foram inspiração para que os power-ups do jogo fossem criados.

PlayReplay Super-Mario-Bros 2

No final das contas, Super Mario Bros. se tornou o primeiro jogo de plataforma bem estruturado da história, contando com mundos temáticos, desafio crescente e um enredo que, apesar de simples, evoluía e despertava a curiosidade do jogador. Tudo isso foi um grande salto, já que no meio da década de 1980 poucos jogos conseguiam passar aos jogadores a sensação de que eles estavam vivendo uma jornada, algo que este game transmitia sem grandes dificuldades.

Videogames para todos

Talvez o maior trunfo, não só de Super Mario Bros., mas também do estilo de design de Miyamoto, seja a simplicidade complexa de seus jogos. Mesmo sendo muito completos e cheios de elementos inovadores de gameplay, os jogos vindos da EAD costumam ser intuitivos o bastante para despertar a curiosidade dos jogadores.

PlayReplay_super-mario-bros_5

O clássico de Nintendinho talvez seja o melhor exemplo disso. Na aventura, Mario deve se deslocar por cenários bidimensionais até chegar a uma bandeira que sinaliza o final da fase. Durante o trajeto, o encanador se depara com diversas plataformas para saltar, inimigos para derrotar e itens para coletar. O diferencial da Nintendo é que cada um dos elementos é introduzido de forma sutil, algo que faz com que o jogador compreenda exatamente o que deve ser feito sem que haja a necessidade de tutoriais.

Um bom exemplo é o primeiro cogumelo do jogo, cuja trajetória vai de encontro ao herói. O jogador, que não faz ideia do que aquele cogumelo faz com o encanador, descobre instantaneamente que aquele item serve para lhe dar poder. As plataformas também vão se tornando gradativamente mais complexas, de maneira que o jogador acaba aprendendo naturalmente como superá-las até que se torne um jogador melhor.

PlayReplay-Super-Mario-Bros-6

A enorme coerência de design do game foi um dos maiores trunfos do jogo na época e ajudou a atrair de volta o público que se distanciava cada vez mais dos videogames. Qualquer semelhança deste estilo de desenvolvimento com o conceito do Wii e o seu sucesso estrondoso não é mera coincidência.

Criando uma lenda

Super Mario Bros. foi também o jogo responsável por introduzir ao mundo parte dos personagens mais icônicos dos videogames. Mario e Luigi eram personagens controláveis e  portanto dispensam apresentações. Mas o jogo ainda introduziu a princesa Daisy, os Toads e o maléfico Bowser, que talvez seja o vilão mais popular de toda a indústria. Inimigos como os Goombas e os Koopa Troopas também deram as caras. Mas isso foi só a ponta do iceberg.

PlayReplay-super-mario-bros-7

Praticamente todos os elementos presentes no jogo acabaram se tornando símbolos da cultura gamer. De elementos presentes nos cenários até a excelente e nostálgica trilha sonora composta por ninguém menos que Koji Kondo, tudo acabou se tornando inspiração para as décadas seguintes. O gênero plataforma acabou se tornando um dos principais e mais adorados das eras 8-bit e 16-bit, e todas as empresas se esforçaram para criar um mascote tão carismático quanto o encanador italiano da Nintendo.

Super Mario Bros. nunca caiu no esquecimento, nem pela Big N e nem pelos jogadores. Relançado uma infinidade de vezes nos últimos anos, o game pode ser jogado em quase todas as plataformas da Nintendo desde então, por meio de easter eggs de alguns títulos ou até pelo Virtual Console dos videogames mais recentes da Nintendo.

PlayReplay Super_Mario_Bros_4

Jogos de outras produtoras não cansam de homenagear a franquia e sempre recebem uma referência ou outra em seus universos, o que torna este possivelmente o jogo mais popular e influente de todos os tempos. Atualmente, a Nintendo pode estar um pouco enfraquecida perante os jogadores, mas nunca podemos esquecer que ela é uma das maiores responsáveis por jogarmos videogames e por possuirmos consoles em nossas casas.

Super Mario Bros. é um clássico atemporal, e deve ser respeitado como tal. Com seu aniversário de 29 anos chegando no próximo dia 13 de setembro, tudo o que podemos concluir é que aquele joguinho de plataforma é na verdade um dos melhores e mais importantes de todos os tempos, afinal, quantos jogos de videogame são capazes de romper a barreira entre os jogos e a cultura pop e ainda continuarem tão influentes três décadas após seu lançamento? É de aplaudir de pé!

PlayReplay Super_Mario_Bros_3