ás

Top 5½: Fases aquáticas mais marcantes de todos os tempos

De um ano pra cá, passamos a falar um pouco mais sobre a água, muito por conta da crise enfrentada pelos estados da região sudeste. No mundo dos games, falar de água é um clichê fortíssimo, alimentado desde a década de 80, quando era obrigatório ter uma fase aquática nos títulos de plataforma.

Mesmo nos jogos mais novos, parece complicado salvar o dia sem se molhar um pouquinho, proporcionando algumas experiências únicas aos jogadores. Fases da água são, em geral, um pé no saco. Algumas se salvam, é claro.

Como a inspiração aqui no PlayReplay é abundante, demos um chega pra lá no tal volume morto e trouxemos um Top 5½ com as fases aquáticas mais marcantes de todos os tempos, para bem ou para o mal. Prepare o seu traje de banho e mergulhe conosco nessa aventura!

 

Labyrinth Zone – Sonic (Mega Drive)

 sonic-agua-playreplay

Uma das fases mais marcantes de toda a série 2D do ouriço. Movimentação lenta e prejudicada, lanças pontiagudas saindo do teto e do chão quando menos se espera, além da necessidade de tomar ar a cada curtíssimo período de tempo, com aquela música de dar agonia. Os poucos momentos em que não estávamos debaixo d’água eram pausas pra tomar coragem e seguir em frente, já que a aventura era longa.

Pra quem acha que ouriços não sabem nadar, até achei um vídeo provando o contrário! E aí, Sega?

 

Mega Man 5 – Wave Man Stage (Nes)

 

O Blue Bomber também sofre da síndrome de fases d’água e movimentação prejudicada. Em Mega Man 7, a fase de Burst Man é marcada por espinhos pra todo o lado, enquanto você tenta se movimentar em espaços limitadíssimos. Em uma lista maior, seria presença certa.

Waveman

Empoleon, é você, querido?

 

A fase da vez é a de Wave Man, em Mega Man 5. Além de ter uma das músicas mais marcantes de toda a série, o estágio é recheado de desafios de todo o tipo, como se equilibrar em bolhas, navegar em um veículo aquático, se esquivar de jatos de alta pressão e mais algumas surpresas. Dá até vontade de jogar de novo!

 

Uncharted 3 – Sink or Swim (PS3)

 sink-or-swim-uncharted-3-playreplay

Mais um momento de pura adrenalina! Nathan Drake, que é especialista em se meter em encrencas, precisa fugir de um navio que está prestes a afundar. Ter jogado uma granada perto de alguns tanques de propano foi uma jogada arriscada, mas era isso ou a morte certa.

Com um rombo no casco e água pra todo lado, o décimo quinto capítulo de Uncharted 3 entrou para a história como um dos momentos mais emocionantes e molhados de todos os tempos. Literalmente, “too much water”.

 

Water Land – Super Mario Bros. 3 (Nes)

water-land-playreplay

Nem com bossa nova esse mundo descia fácil

 

Aqui, não dá pra falar de uma fase específica, já que todo o terceiro mundo é cruel e inesquecível. A escalada no nível de dificuldade entre os dois primeiros mundos e esse é bastante grande, e mesmo com a Frog Suit, as coisas não ficam tão mais fáceis assim.

frog-playreplay

Hoje, marmanjo velho, não vejo grandes problemas para atravessar os domínios de Wendy Koopa, senão o trauma. Mas imagine-se na pele de um moleque com menos de 5 anos e entenderá um pouco do desespero. Ah, os bons tempos que não voltam…

 

Todas as fases aquáticas – Donkey Kong Country (Snes)

 donkey-kong-playreplay

Donkey Kong Country é uma obra de arte em todos os sentidos e disso ninguém tem dúvidas. Mesmo os seus níveis aquáticos são divertidos e envolventes, esteja você nas costas de um peixe-espada ou não.

Navegar fugindo de polvos e tubarões, ir de encontro às rochas em busca de passagens secretas ou mesmo ficar parado enquanto aprecia uma bela música. Nada disso poderia passar batido, não é verdade? O primeiro lugar é merecidíssimo!

 

Water Temple

The Legend of Zelda – Ocarina of Time (N64)

 water-temple-playreplay

Longo, complexo e lento. Ninguém tem dúvidas de que Ocarina of Time é um jogo muito acima da média, mas essa parte em especial com certeza já tirou o sossego de muitos de vocês. Colocar e tirar as Iron Boots a todo momento, por exemplo, é só um pedaço do tormento.


Por falar em Zelda, já deram uma conferida na nossa revista especial? Não? Recomendamos fortemente!

Agradecimentos especiais ao amigo Bernardo Pereira, pela ideia e sugestão de boa parte da lista! ;)

Os comentários estão fechados.