Conecte-se conosco.

Especial

Especial: GameCube completa 13 anos, mas os presenteados sempre fomos nós

Publicado

em

Com o título de console de mesa com menor vendagem da história da Nintendo, o GameCube teve a missão ingrata de tentar recuperar a popularidade de hegemonia da Big N, que fora perdida para a Sony após a batalha travada entre o Nintendo 64 e o estreante PlayStation. Mesmo assim, a má fama do console nunca foi capaz de tirá-lo do coração dos fãs da Nintendo, que guardam-no em sua memória como um dos mais incríveis consoles da gigante nipônica.

gamecube-playreplay

Com diversas inovações, um poder de fogo invejável e um visual único e peculiar, o GameCube foi lar de diversos clássicos que se mantém vivos nas mentes dos jogadores até hoje, exatamente 13 anos após seu lançamento. E vocês não pensaram que deixaríamos isso passar, certo?

 

O projeto Dolphin

Apesar das boas vendas do Nintendo 64, que chegaram à casa das 30 milhões de unidades em todo o mundo, a Nintendo se via numa tremenda encrenca tendo que concorrer com o PlayStation, que superou a marca de 100 milhões de aparelhos vendidos. Boa parte dessa situação fora causada pela própria Big N que, para evitar a pirataria, utilizou cartuchos como mídia, que possuem armazenamento dezenas de vezes menos do que um CD, mídia do console da Sony.

Para piorar a situação, produzir um jogo em cartucho era muito mais caro do que fazer o mesmo em um CD, o que fez com que boa parte das third-parties migrassem para a Sony e deixassem a Nintendo na mão. Se vendo quase obrigada a mudar, em meados de 1998, a Big N iniciou o desenvolvimento de seu novo console, que possuía o codinome Project Dolphin.

 

mini-dvd-playreplay

À esquerda, o mini-DVD do GameCube; ao lado de um DVD normal

Anunciado oficialmente no dia 24 de agosto de 2000, o Dolphin surpreendeu a todos por seu visual bastante diferente do que estávamos acostumados a esperar de um console. O aparelho era um pequeno cubo que, apesar do tamanho, contava com um hardware extremamente potente para os padrões da época.

Com uma boa vantagem técnica em relação ao seu principal concorrente, o PlayStation 2, o pequeno console ainda utilizaria um novo tipo de mídia: os mini-DVDs, com capacidade de armazenamento de 1.8 GB, que eram difíceis de piratear e não contavam com todas as restrições impostas pelos cartuchos. Chamado oficialmente de GameCube, o console só seria lançado pouco mais de um ano depois, no dia 14 de setembro de 2001, com uma line-up bastante surpreendente.

 

O paraíso dos jogos

Os jogos de lançamento do GameCube eram surpreendentes não apenas pelos seus gráficos arrasadores, mas também pela sua variedade. A Nintendo almejava reconquistar o apoio das third-parties e isso era facilmente notado ao analisarmos os títulos que chegaram às prateleiras com o console. Se no Japão o aparelho foi lançado apenas com Luigi’s Mansion, Wave Race: Blue Storm e Super Monkey Ball, nos Estados Unidos a história era bem diferente.

luigi's-mansion-gamecube-playreplay

Luigi’ Mansion trouxe o “Mario verde” para os holofotes

Títulos como Star Wars: Rogue Squadron 2, Batman Vengeance, vários games da linha esportiva da EA Games e até mesmo Tony Hawk’s Pro Skater 3 mostravam que a Big N não havia dormido em serviço ao tentar trazer mais desenvolvedoras para o GameCube. Por parte da Nintendo, Luigi’s Mansion vinha como carro-chefe, indo contra uma tradição de três gerações de jogos do Mario fazerem parte dos jogos iniciais de um console da empresa nipônica.

[youtube id=”yrE9bMSqsL4″ width=”633″ height=”356″]

Apesar do lançamento bem sucedido, houve um espaçamento grande entre a chegada do console e o aparecimento de novos jogos. A própria Nintendo teve que atrasar um pouco alguns títulos, como o inovador Pikmin e o clássico Super Smash Bros. Melee. Ainda assim, o aparelho manteve um ritmo razoável de lançamentos, muitos deles vindos de third-parties, o que mostrava que a estratégia da Nintendo estava dando certo. Mas ainda havia um problema.

super-smash-bros-melee-playreplay

Super Smash Bros. Melee

Concorrência desleal

Fãs da Nintendo sabem muito bem qual o tal problema a que me referi ali em cima, mas vários se negam a acreditar que isso possa realmente ter feito diferença. Diferentemente das outras empresas que produzem consoles de mesa, que, apesar de possuírem franquias próprias, dependem muito mais de outras desenvolvedoras, a Nintendo possui uma série de franquias de altíssima qualidade e que são fundamentais para a estratégia da empresa.

A tamanha qualidade dos jogos da Nintendo faz com que os jogadores de seus consoles prefiram os seus jogos aos terceirizados, o que acaba afastando essas empresas. Por mais que com o GameCube o apoio tenha sido bem superior ao visto no Nintendo 64, após pouco mais de um ano no mercado, o console começou a ficar em segundo plano para as desenvolvedoras, e o ritmo de lançamentos começou a diminuir um pouco. Mas ainda assim, a Nintendo tinha muitas cartas na manga.

 

Experiências inesquecíveis

Mesmo com esse problema na mãos, a Nintendo soube ter jogo de cintura e oferecer uma experiência inesquecível para quem possuía o console. Desde o magnífico terror psicológico de Eternal Darkness: Sanity’s Requiem até as frenéticas e extremamente divertidas batalhas de Super Smash Bros. Melee, os jogos do pequeno cubo da Nintendo faziam bonito e enchiam os olhos de qualquer fã de jogos eletrônicos.

Foi também nessa geração que a Big N trouxe algumas de suas ideias mais inovadoras para franquias já conhecidas. The Legend of Zelda: The Wind Waker provou ao mundo que jogos com cara de desenho animado podem ser incríveis, e Metroid Prime levou os jogadores para dentro do capacete de Samus em uma das experiências mais memoráveis de todos os tempos.

wind-waker-playreplay

The Legend of Zelda: Wind Waker

E por que raios vamos querer jogar Donkey Kong em um controle tradicional se agora podemos controlar o macacão batucando em bongôs? Séries de esportes como Mario Tennis e Mario Golf chegaram a seu ápice, e com Mario Kart: Double Dash dois personagens dividiam o mesmo Kart. Tá bom ou querem mais?

mario-kart-double-dash-playreplay

Mario Kart: Double Dash

Enquanto a Nintendo bombardeava os jogadores com títulos incríveis, diversos third-parties como Splinter Cell, Prince of Persia, Call of Duty e Sonic eram lançados e, mesmo que menor que o da concorrência, o apoio dessas desenvolvedoras era bastante satisfatório. Mas a Nintendo ainda tinha mais para oferecer!

sonic-heroes-playreplay

Sonic Heroes

Fechando parcerias pesadas com diversas desenvolvedoras, a Nintendo conseguiu trazer uma série de jogos exclusivos para o seu console. A Capcom não só lançou um incrível remake do primeiro Resident Evil para o GameCube como também trouxe para ele toda a série, incluindo os inéditos Resident Evil 0 e Resident Evil 4. Além disso, essa parceria ainda rendeu frutos como Viewtiful Joe e Killer 7.

resident-evil-0-playreplay

Resident Evil 0

A Sega também entrou na festa e trouxe títulos como Sonic Adventure DX, Skies of Arcadia Legends, Super Monkey Ball e Billy Hatcher and the Giant Egg, um fantástico jogo de plataforma que acabou sendo deixado de lado por muita gente. Como cereja do bolo, os nintendistas puderam celebrar o retorno da Square-Enix à Nintendo com Final Fantasy: Crystal Chronicles, e pudemos até mesmo ver a chegada da série Metal Gear Solid ao GameCube com o excelente Twin Snakes, remake do jogo de 1998. Nada mau para um console que na época era considerado moribundo.

metal-gear-playreplay

Metal Gear Solid: Twin Snakes

À frente de seu tempo

Poderia encher uma infinidade de parágrafos apenas com fatos que nos fazem lembrar como o GameCube foi um console excelente para a sua época e como seus jogos fizeram a cabeça de mais de vinte milhões de jogadores pelo mundo, mas o legado deixado pelo console consegue ir além disso tudo.

A conectividade entre o console e o GameBoy Advance pode ser considerada uma primeira tentativa da empresa em implementar jogabilidade em duas telas em um console, tal como é hoje na linha DS e no próprio Wii U. Além disso, Luigi’s Mansion foi um dos primeiros jogos a suportar 3D estereoscópico, algo bastante utilizado hoje, mas que foi descartado na época pela baixa popularidade de TVs tridimensionais de então. A empresa ainda trabalhou em um protótipo de controle com sensores de movimentos que acabou se tornando o famigerado Wiimote.

gamecube-gameboy-advance-playreplay

O fim de uma era

O GameCube foi o primeiro console de mesa da Nintendo a não utilizar cartuchos como mídia e o último a seguir os caminhos tradicionais da indústria. A entrada de Satoru Iwata como presidente da empresa acabou fazendo a Big N mudar de direção e tentar encontrar novos públicos, o que acabou resultando na chegada dos portáteis da linha DS, no Wii e posteriormente no Wii U.

Jogadores que curtem games mais tradicionais acabaram sentindo-se órfãos quando o Wii chegou e com isso acabaram migrando para outras empresas, adotando o novo console como algo complementar. Se a mudança de escopo foi algo bom ou não para a Nintendo, vamos discutir em uma próxima oportunidade, mas o fato é que hoje, 13 anos depois do lançamento do GameCube, podemos ver com clareza a tamanha qualidade daquele pequeno cubo mágico nintendista. Parabéns GameCube. E obrigado!

Compartilhe

Economista, colecionador de games e nintendista fanático reabilitado. Também é apaixonado por Zelda, Star Fox, cachorros e coelhos. Atualmente joga de tudo um pouco e, ao contrário de alguns, nem é tão pessimista assim quanto aos rumos da indústria. Ex-diretor de pautas do GameBlast, dedica-se integralmente ao PlayReplay.

Especial

PlayReplayers | Participe da gincana no Facebook e concorra a prêmios!

Neste mês o tema são Animes e Animações

Publicado

em

Se você está aqui, com certeza é um fã de games, animes, desenhosfilmes (ou qualquer outro tema geek), não é mesmo? Nesse vasto universo nerd é comum acumularmos grande conhecimento sobre as nossas mídias e franquias favoritas, e tais conhecimento sempre são colocados em xeque — o que, convenhamos, é bem chato… a menos que seja divertido e renda prêmios maneiríssimos todo mês!


Veja também:


Essa é a proposta do grupo PlayReplayers, no Facebook. O grupo existe desde janeiro, e lá realizamos gincanas com temas diversos para testar seu conhecimento e, de quebra, concorrer a diversos prêmios! E neste mês não será diferente!

O tema atual das gincanas é Animes e Animações. Ou seja, vale animações japonesas, americanas, europeias, nacionais etc. Qualquer desenho animado pode ser a resposta certa para o seu desafio!

Aliás, hoje foi o dia de sair a primeira imagem desse desafio! E aí, acha que dá conta de acertar?

Para participar, é bem simples: basta você entrar no grupo dos PlayReplayers, preencher sua inscrição neste link e começar a responder os desafios conforme as regras, tanto no desafio, como no grupo.

O prêmio desse mês foi cedido pela El Cabriton, loja parceira do PlayReplay especializada em vestuário geek e localizada em São Paulo, na Rua Augusta, 2008. O participante que ficar em primeiro lugar na gincana deste mês receberá um cupom no valor de R$ 200,00, enquanto o segundo lugar leva um cupom de R$ 50,00. Fala aí se não vale a pena participar?!

Então não perca mais tempo e venha com a gente jogar!

Compartilhe

Continue lendo

Críticas

McItália peca pelo peso, mas tem seu valor entre os Sanduíches Campeões McDonald’s

Confira nosso review do sanduíche de Domingo no McDonald’s

Publicado

em

Como em toda Copa do Mundo FIFA, o McDonald’s do Brasil lançou em 2018 a sua linha temática Sanduíches Campeões, que traz um sanduba diferente para cada dia da semana. Domingo é dia de McItália, e preparamos um review caprichado esmiuçando sua receita, batatas, preço e custo-benefício. Clique abaixo para dar play no nosso vídeo sobre o McItália!


Veja também:


Para você se organizar e não esquecer, lembre que segunda-feira é dia de McFrança, terça tem McEspanha, quarta McAlemanha, quinta McUruguai, sexta McInglaterra, sábado McArgentina, e domingo McItália, enquanto todo dia é dia de McBrasil! O preço sugerido para a promoção com sanduíche, batatas e refrigerante é de R$ 29,90, mas é possível gastar mais R$ 2,50 para dar uma aprimorada na sua batata com uma receita especial.

No caso do McItália, a batata é aquela mesma batada fininha padrão do McDonald’s, mas servida em maior quantidade com bacon picado sobre um molho de muçarela com tomate seco. O molho infelizmente é bem sem graça, e o ponto mais fraco do pacote. O mesmo molho é utilizado no sanduíche em si, onde é acompanhado por pão brioche, queijo muçarela, polpetone, tomate e pepperoni. No sanduba, o que realmente brilha é o queijo, que ficou bem puxa-puxa e surpreende ao casar muito bem com tudo no miolo da refeição.

O pepperoni tem um gosto bem similar ao de outras cadeias de fast food e pizzas de franquias como Domino’s e Pizza Hut, ou seja, é bem sequinho e gostoso. A carne está bem melhor em relação ao McItália de outros anos, com uma consistência mais gostosa de morder, o que era o ponto fraco nas edições passadas, quando o polpetone meio que parecia com um croquete barato em sua textura.

A mistura de queijo com molho deixa a refeição bem pesada e cansativa de comer, então o lanche é mais recomendado para ser comido por duas pessoas dividindo a batata. Caso contrário, vale mais a pena pedir a batata comum, que casa melhor com o sanduba. Mesmo que você seja muito fã dos ingredientes listados acima, infelizmente o McItália acaba tendo bem pouco de sabor italiano em seu sabor. É um bom lanche, mas há várias opções melhores no menu…

McItália - Sanduíches Campeões
7 Nota
0 Leitores (0 Notas)
Prós
  • Queijo surpreendente
  • Bom pepperoni
Contras
  • Refeição pesada
  • Molho fraco
Avaliação
Entre os oito sanduíches da Copa do McDonald's, o McItália fica mais ou menos no meio da tabela. É um lanche gostoso e que alimenta bem, mas é o que mais pesa também quando você compra as batatas especiais em conjunto com o sanduíche. Seu queijo é ótimo e se destaca, mas o resultado final não é tão interessante nem tem um gosto tão característico e especial quanto deveria.
O que as pessoas acharam... Deixe a sua avaliação!
Sort by:

Seja o primeiro a deixar uma avaliação.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe a sua avaliação!

Compartilhe

Continue lendo

Especial

McDonald’s | Chegaram os Sanduíches da Copa do Mundo!

Conheça todos os sanduíches e promoções disponíveis

Publicado

em

“Ué, achei que o PlayReplay era um site só focado em cultura pop”. E é! Mas a gente ama a Copa do Mundo, e justamente por isso estamos aqui para trazer uma notícia de utilidade pública para todo geek que se preze: a volta dos Sanduíches da Copa do McDonald’s!


Veja também:


Afinal, qual geek não gosta de curtir suas séries, jogos e filmes acompanhado por um sanduba dos bons? No site oficial do McDonald’s já é possível conferir o menu completo, basta clicar aqui para acessar a página temática da Copa do Mundo.

Como de praxe, cada dia da semana terá um sanduíche temático. Segunda-feira é dia de McFrança, terça tem McEspanha, quarta McAlemanha, quinta McUruguai, sexta McInglaterra, sábado McArgentina, e domingo McItália.

“Mas e o McBrasil?”, você pergunta. Esse pode ser comprado todos os dias da semana. Legal, hein? Eu não sei vocês, mas eu vou honrar minha tradição particular e começar a quest para provar todos eles ainda hoje. E não, esse post não foi patrocinado pelo McDonald’s, foi pura gordice mesmo.

Compartilhe

Continue lendo

Últimas notícias

Anime14 minutos atrás

My Hero Academia | Revelada a sinopse do novo filme

Filme estreia em 3 de agosto no Japão

Música1 hora atrás

Good Charlotte | Confira o novo clipe Actual Pain

Novo disco sai em setembro de 2018

Cinema2 horas atrás

007 | Danny Boyle é oficializado como diretor de James Bond 25

Filme estreia em outubro de 2019

Games3 horas atrás

Steam Link | Apple recusa aplicativo da Valve na App Store

Ao que tudo indica, a Apple não deve liberar o aplicativo do Steam Link para seus dispositivos tão cedo.

Games4 horas atrás

Battlefield 5 | DICE confirma que Jogo não terá loot boxes

A Electronic Arts e a DICE não devem querer repetir a péssima polêmica de Star Wars Battlefront 2 este ano.

Games5 horas atrás

Far Cry 5 | Primeiro DLC do jogo chega em junho

O pacote colocará os jogadores no papel de um dos personagens da campanha principal.

steam capa steam capa
Games6 horas atrás

Steam | Vários jogos estarão de graça no fim de semana

Além de incentivar que você jogue os games que já tem em sua bliblioteca do Steam, a Valve preparou nove...

Anime21 horas atrás

Evangelion | Studio Khara já está recrutando para filmar o Rebuild 4.0!

Será que agora vai?

Cinema22 horas atrás

CCXP 2018 | Sebastian Stan é confirmado como atração do evento

Ele estará na feira nos dias 07 e 08 de dezembro

Games23 horas atrás

The Sims 4 | “Estações” é o novo pacote de expansão do game

Depois de uma longa espera dos fãs, a expansão Estações finalmente foi anunciada.

Games24 horas atrás

Sunset Overdrive | Jogo pode ser lançado no PC em breve

Depois de 4 anos de seu lançamento original no Xbox One, o game também pode ganhar uma versão para PC

Games1 dia atrás

RuneScape Classic | Antigo MMO será fechado definitivamente

Depois de 17 anos, a versão mais antiga de RuneScape chega ao fim em agosto.

Música1 dia atrás

Will Smith | Ator volta ao mundo da música e grava rap inédito

Seria a volta triunfal do Fresh Prince?

Cinema1 dia atrás

Godzilla 2 | Warner adia o lançamento de março para maio de 2019

Michael Dougherty vai dirigir a sequência

Games1 dia atrás

H1Z1 | Beta no PS4 já conta com 1,5 milhão de jogadores

Várias pessoas também se depararam com certos problemas de estabilidade nos servidores.

Em alta