Conecte-se conosco.

Anime

Terceiro ano de My Hero Academia consagra a melhor história de heróis desta geração

I KEEP MY IDEALS!

Publicado

em

Desde pequeno eu gosto muito de super-heróis. Como eu era o CDF gordinho da turma na escola, é óbvio que eu não era exatamente a pessoa mais popular, extrovertida ou livre de provocações ocasionais. Assim, era em personagens como Homem-Aranha e os X-Men que eu encontrava inspiração e motivação para encarar os desafios da vida e vislumbrar um futuro melhor e mais justo.


Veja também:


Existe algo de vital importância nos símbolos e mitos que nos dão coragem e forças; nas histórias que nos fazem idealizar um mundo onde até os pequenos atos de heroísmo são o bastante para criar uma realidade melhor para todos. Ainda mais hoje em dia, quando vivemos em uma sociedade extremamente violenta, problemática e polarizada, diria que chega a ser necessário ter histórias repletas de otimismo, superação e lições claras, puras e diretas!

O valor do otimismo

Por muito tempo a Marvel e a DC, tanto em seus quadrinhos como em seus filmes, parecem sofrer com crises de identidade e falta de foco, indecisos sobre o tom e mensagem que deveriam passar para seus fãs. Como o mestre Alan Moore bem disse, a HQ de Watchmen jamais deveria ter servido como base narrativa para outras histórias de heróis, já que a desconstrução que ele escreveu era muito mais uma crítica do que um ideal a ser seguido e exaustivamente copiado.

Confira também o nosso review em vídeo postado no canal parceiro Aquele Cara

Ainda assim, passamos as décadas seguintes vendo histórias metidas a “sombrias e realistas” usando o tom mais adulto como paradigma, como se esse fosse o único caminho possível para trazer os heróis aos tempos modernos sem cair no ridículo e datado. Uniformes coloridos, valores simples e diretos em histórias do bem contra o mal já pareciam sem espaço em um mundo tão denso e complexo.

Em paralelo, aos poucos as políticas de identidade também foram ganhando espaço e tentando trazer um necessário sopro de diversidade e modernidade à obras que sempre apelaram para um público majoritariamente masculino e branco. Só que, infelizmente, as saídas encontradas pareciam muito mais decisões artificiais de executivos engravatados do que fruto de uma genuína vontade de contar boas histórias para um novo público.

Frustrado com essas coisas, eu não me sentia particularmente interessado ou investido em nenhum herói ou obra lançada nos últimos anos… ao menos até começar a assistir ao anime Boku no Hero Academia.

Um pé no passado, outro no futuro

Já na primeira temporada estava claro que havia algo de especial na obra de Kohei Horikoshi. Extremamente reverente aos heróis de outrora, especialmente às eras de ouro e prata dos quadrinhos norte-americanos, o mangaká conseguiu criar uma história que ao mesmo tempo celebrava o passado e conseguia apontar caminhos interessantes para o futuro do gênero.

Embora seja vendido como o seu típico anime shounen, My Hero Academia é muito mais do que se imagina em um primeiro contato. Para cada convenção do gênero abraçada (como o protagonista com seu arco particular de crescimento, a rivalidade com um nêmesis da infância, histórias de treinamento e superação, etc.), há uma subversão, releitura ou abordagem totalmente nova para as situações.

A trama da série é meticulosamente construída e amarrada em uma estrutura que alguns poderiam considerar quase como um “clímax interrompido”: os riscos e coisas em jogo são, via de regra, pequenos. Não há mortes ou culminações óbvias na narrativa. A grandeza está, paradoxalmente, nos pequenos momentos. Cada breve demonstração de heroísmo pode ser — e, nesse caso, é mesmo —um fim em si mesmo.

Nunca existe um raio apocalíptico prestes a destruir a cidade, um confronto colossal que salva o mundo em uma única grande batalha definitiva. Em My Hero Academia, o planeta é salvo um dia de cada vez. A redenção vem das relações entre os personagens. Dos treinamentos. Em fazer a menor das diferenças. De grão em grão, de episódio em episódio, aprendemos junto aos estudantes da UA o que nos torna heróis.

Uma temporada ideal

Uma vez estabelecida o tom e fórmula nas duas primeiras temporadas, o terceiro ano soube magistralmente explorar a estrutura da série e colocar, sem receio, 100% do seu poder PLUS ULTRA nos pontos mais cruciais e impactantes. Antes quase cego em sua idolatria ao herói número um, Midoriya agora beira a iconoclastia, começando a definir sua própria identidade e abordagem como herói.

É por isso que sua batalha solo contra o Muscular funciona tão bem, mesmo envolvendo o resgate de apenas uma pessoa. E é por isso que, quando o All Might lhe aponta o dedo e define que “você é o próximo”, entendemos o quão literal foi a passagem de responsabilidade que veio junto ao seu poder.

Outro ponto muito positivo da terceira temporada é que os personagens secundários continuaram recebendo ótimas tramas e desenvolvimento. O elenco feminino, claro, continua liderando pelo exemplo: todas as garotas são best girls e têm suas devidas oportunidades para brilhar usando seus poderes, intelectos e sensibilidade para desarmar situações tensas.

Falando em tensão, apesar da segunda metade da temporada ser um merecido respiro depois da adrenalina dos primeiros 12 episódios, foi nela que tivemos o aguardado desenvolvimento e aprofundamento de Bakugou, talvez o herói que mais se beneficiou dos eventos deste ano. Conheço muita gente que não suportava o Bakugou e, ao fim da temporada, já dizia estar revendo sua visão sobre o herói. É sinal de um trabalho bem feito e de um desenvolvimento coerente e gratificante de acompanhar.

Por sinal, esse é um elogio que vale para a série inteira até agora: tanto os personagens heróicos como seu contraponto, o time dos vilões, estão lenta e cuidadosamente se desenvolvendo em tempo real, escrevendo suas próprias histórias dia após dia, e eu mal posso esperar pra ver o que o futuro reserva para essa galera!

My Hero Academia Temporada 3
10 Nota
0 Leitores (0 Notas)
Prós
  • Animação incrível
  • Trilha empolgante
  • Narrativa impecável
Contras
  • Segunda metade
    um pouco lenta
Avaliação
My Hero Academia segue ladeira acima em suas temporadas: é uma melhor do que a outra! O terceiro ano foi, de longe, o mais empolgante e emocionante até agora, contando com ótimo desenvolvimento de personagens e batalhas, sem perder o foco no que interessa: a gradual construção do heroísmo. Um verdadeiro tratado sobre super-heróis. Essencial para fãs do gênero!
O que as pessoas acharam... Deixe a sua avaliação!
Sort by:

Seja o primeiro a deixar uma avaliação.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe a sua avaliação!

Compartilhe

Formado na arte de reclamar, odeia a internet. Ainda assim, sua hipocrisia sem limites o permite administrar a página no Facebook, plataforma de divulgação do seu primeiro livro. Você também pode seguí-lo em @thomshoes no Twitter, mas provavelmente é uma má ideia...

Comentários

Anime

Anime de Saintia Sho resgata as virtudes e problemas de Cavaleiros do Zodíaco

Quem é fã deve dar uma chance ao anime, apesar de seus defeitos

Publicado

em

Parecia que 2018 já tinha dado tudo que tinha para dar em termos de anime mas, em pleno 10 de dezembro, eis que Santia Sho teve sua estreia mundial, fazendo elevar o cosmo nos corações dos fãs de Cavaleiros do Zodíaco. O primeiro episódio já está disponível para streaming no catálogo da Crunchyroll nacional.


Veja também:


Depois dos controversos (para usar um eufemismo gentil) Omega e Soul of Gold, e em meio às recentes polêmicas envolvendo a adaptação da Netflix, série que trará Shun como uma mulher, Saintia Sho chega em um momento bem intenso e repleto de questionamentos para a franquia.

Adaptando o mangá de Chimaki Kuori, o primeiro episódio nos apresenta às irmãs Shoko e Kyoko, ameaçadas desde a infância por um destino terrível ao serem transportadas magicamente para o Éden Maligno. Velha conhecida dos fãs de longa data, a Deusa Éris está buscando uma hospedeira humana, e obviamente a protagonista Shoko entra em seu radar. Ao longo dos 20 e poucos minutos da estreia, vemos como Kyoko deseja proteger sua irmã mais nova desde o princípio, dedicando-se a ficar mais forte para salvá-la do mal.

Depois de um breve prólogo, damos um salto no tempo e encontramos Shoko já adolescente, frequentando a escolinha, vivendo momentos divertidos com seu pai e esperando pelo retorno de sua irmã desaparecida. Convenientemente, Shoko estuda na mesma escola que Saori Kido, escola esta que é atacada por criaturas das treva que mais parecem ter sido invocadas pela Rainha Beryl de Sailor Moon em termos de estética.

A partir de então começa aquele mar de clichês e convenções de Cavaleiros, com resgates de última hora, vilões com frases de efeito e aquelas mesmas animações de luta a que nos acostumamos, o que pode ser um mérito ou um defeito, dependendo da sua nostalgia, cansaço ou desgaste com a fórmula.

O verdadeiro problema é que o traço, que tenta emular o anime clássico, é muito pobre, e a animação é mais um produto de qualidade questionável da Toei. Não chega a ser um desastre mas, infelizmente, desde o capítulo Hades: Santuário Cavaleiros não conta com um traço e animação mais caprichados.

Pelo menos essa imagem aqui de Saintia Sho é bem bonita

Pelo menos essa imagem aqui de Saintia Sho é bem bonita

Também é preciso fazer vista grossa para algumas explicações corridas e convenientes ao extremo para tapar buracos no cânone (aquele típico papinho de “nossa existência precisa ser mantida em segredo”, para justificar o fato de que as Saintias nunca foram citadas na franquia até agora). O primeiro episódio é ok, não brilha nem irrita demais. Suas personagens não conseguem ser bem trabalhadas e ninguém parece particularmente interessante, um problema atrapalhado pela animação pobre.

Ainda assim, os elementos mitológicos e algumas aparições de rostos conhecidos devem animar os fãs. Mesmo na mais cética das análise, ao menos esta estreia conseguiu ser mais divertida que a tediosa Soul of Gold. Vamos esperar para ver o que vem por aí nas próximas semanas. Toda segunda-feira um novo episódio irá ao ar na Crunchyroll brasileira.

Compartilhe

Continue lendo

Anime

Netflix | Veja os animes que chegam à plataforma em 2019

Entre os destaques figuram a nova série original 7Seeds e novidades de Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco, Rilakkuma e Kaoru e Ultraman, além da estreia global exclusiva do clássico cult Neon Genesis Evangelion

Publicado

em

A Netflix divulgou diversos novos títulos que vão ajudar a expandir sua programação original de animes. Hoje, durante a Anime Lineup Presentation, no Akiba Theatre, em Tóquio, foram apresentados alguns destaques para o próximo ano.


Veja também:


Os novos títulos se juntam ao crescente catálogo de animes da Netflix, com títulos como a série Devilman Crybaby ou B: The Beginning.

Ao longo de 2019, assinantes de todo o mundo poderão descobrir e apreciar ainda mais animes produzidos por alguns dos mais talentosos artistas do mundo, assim como terão a chance de revisitar histórias famosas e queridas, como Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco, Ultraman e Neon Genesis Evangelion.

Rilakkuma e Kaoru

Assistir Rilakkuma e Kaoru online

Estreia global: 19 de abril de 2019

Uma mulher de 30 e poucos anos começa a dividir seu apartamento com um urso de brinquedo muito fofo e descobre que o segredo da vida algumas vezes é simplesmente saber relaxar. Um dos personagens mais populares do Japão ganha vida nesta série de animação stop-motion.

Equipe
Diretor: Masahito Kobayashi
Roteiro: Naoko Ogigami
Consultora criativa: Aki Kondo
Direitos de produção: San-X
Produtora: Dwarf Studio

Elenco principal
Mikako Tabe

Neon Genesis Evangelion

Estreia global em streaming: segundo trimestre de 2019

A.D. 2015. Tóquio 3 está sob ataque de criaturas poderosas conhecidas como os Anjos. O protagonista, Shinji Ikari, é escolhido para pilotar a Arma Decisiva Humanoide Evangelion na única chance de derrotar os Anjos. A batalha pelo destino da humanidade começa agora. O que exatamente são os Anjos? Que destino aguardam o piloto e a própria espécie humana?

Além de Neon Genesis Evangelion, Evangelion: Death (True)² e The End of Evangelion também serão lançados na Netflix.

Equipe
Diretor: Hideaki Anno
Planejamento/esboço: Hideaki Anno
Design de personagens: Yoshiyuki Sadamoto
Design mecânico: Ikuto Yamashita, Hideaki Anno
Produtora: Studio Khara

Elenco principal
Megumi Ogata, Kotono Mitsuishi, Yuriko Yamaguchi, Megumi Hayashibara, Yuko Miyamura

Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco

Assistir Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco online

Estreia global: terceiro trimestre de 2019

Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco acompanha as aventuras dos jovens guerreiros conhecidos como “Cavaleiros”, os protetores jurados da deusa grega Atena reencarnada. Cada Cavaleiro veste uma poderosa armadura baseada em uma das constelações do zodíaco. Chamados de Cavaleiros do Zodíaco, eles ajudam Atena em sua batalha contra poderosos deuses olímpicos que planejam a destruição da humanidade.

Equipe
Diretor: Yoshiharu Ashino
Editor de histórias e roteirista-chefe: Eugene Son (Os Vingadores Unidos)
Design de personagens: Terumi Ishii
Design das armaduras: Takashi Okazaki
Produtora: Toei Animation

7Seeds

Assistir 7Seeds online

Estreia global: abril de 2019

No futuro próximo, um asteroide gigante colide com a Terra. A humanidade e todos os demais organismos vivos são varridos da face do planeta. O governo, que havia previsto esse desfecho, toma medidas para lidar com o pior cenário possível com o Projeto 7Seeds, em que cinco grupos de sete homens e mulheres cuidadosamente selecionados são distribuídos em equipes. Cada participante deve buscar meios de sobreviver em uma ilha deserta.

Equipe
Diretor: Yukio Takahashi
Editor de histórias: Touko Machida
Design de personagens: Yoko Satoh
Produtora: GONZO

Elenco Principal (Grupo de Verão B)
Nao Touyama, Jun Fukuyama, Katsuyuki Konishi, Yoko Soumi, Kana Asumi, Akira Ishida, Aoi Yuuki, Kazuhiko Inoue

ULTRAMAN

Assistir ULTRAMAN online

Estreia global: 1º de abril de 2019

Vários anos se passaram desde os eventos de Ultraman, e o lendário “Gigante de Luz” (光の巨人 Hikari no Kyojin) é agora apenas uma lembrança, pois todos acreditam que ele tenha voltado para casa depois de lutar contra os muitos alienígenas gigantes que invadiram a Terra. Shinjiro, filho de Shin Hayata, parece ter uma estranha habilidade. Esse poder, somado à revelação de que seu pai era o Ultraman, leva-o a enfrentar alienígenas invasores como o novo Ultraman.

Equipe
Diretores: Kenji Kamiyama, Shinji Aramaki
Música: Nobuko Toda, Kazuma Jinnouchi
Produtoras: Production I.G, SOLA DIGITAL ARTS

Elenco principal
Ryohei Kimura, Takuya Eguchi, Megumi Han, Hideyuki Tanaka

Compartilhe

Continue lendo

Anime

Devil May Cry | Série de jogos vai virar anime na Netflix

Animes de Devil May Cry e Castlevania farão parte do mesmo multiverso

Publicado

em

Adi Shankar, o produtor executivo e principal responsável por dar vida ao mundo de Castlevania na animação da Netflix, anunciou que também vai transformar Devil May Cry em anime.

Segundo a IGN, Shankar confirmou que tanto Castlevania quanto o vindouro Devil May Cry vão coexistir em um mesmo universo, ao qual o criador deu o nome de “bootleg multiverse” (algo como “multiverso clandestino”, em tradução livre para o nosso idioma).

Shankar disse à IGN que adquiriu “os direitos (de Devil May Cry) para que os perdedores de Hollywood não f**** essa série também”.

Alguns dias atrás, Adi Shankar já havia deixado claro que adquiriu os direitos para adaptar uma série de uma famosa produtora de games japonesa para a TV, mas até então não havia dado maiores pistas. Hoje, ao finalmente divulgar se tratar de Devil May Cry, o produtor executivo publicou uma foto caracterizado como Dante, o protagonista da série de jogos da Capcom.

Shankar atribui a chance de adaptar Devil May Cry para a TV ao sucesso do anime de Castlevania, da Netflix. O produtor disse que o anime foi tão bem recebido e teve desempenho tão bom que uma terceira temporada já foi encomendada pela plataforma de streaming.

Mais informações sobre a adaptação de Devil May Cry para anime pela Netflix devem ser divulgadas em breve.

Compartilhe

Continue lendo

Últimas notícias

Games14 horas atrás

The Crew 2 | Jogo está gratuito neste final de semana

Gamers que jogarem durante o final de semana gratuito poderão adquirir The Crew 2 a preços exclusivos até 20/12

Games15 horas atrás

Pokémon Go | Batalhas de Treinador já estão disponíveis

Partidas de treinador contra treinador já estão disponíveis em Pokémon Go

Games3 dias atrás

Fortnite Battle Royale | Espada mítica Lâmina do Infinito chega ao jogo

Arma branca mítica chegou a Fortnite Battle Royale no patch v7.01

Games3 dias atrás

Fortnite | Veja o que mudou com o Patch v7.01

Dentre as principais adições estão a Lâmina do Infinito no Battale Royale e o rifle de precisão Vingança de Ralphie no...

Últimas Notícias3 dias atrás

Fortnite | O Rei da Tempestade chegou ao modo Salve o Mundo

Completar o evento de Fortnite: Salve o Mundo até o dia 2 de janeiro garante uma insígnia especial totalmente de...

Games3 dias atrás

Monster Hunter: World | Capcom anuncia expansão Iceborne para 2019

Conteúdo especial adicional, incluindo uma colaboração com a série The Witcher e evento de aniversário dentro do jogo chegam no...

Games3 dias atrás

Fortnite Battle Royale | Jogo terá espadas em breve

Epic Games anunciou no Twitter que espadas estão chegando a Fortnite Battle Royale

Games5 dias atrás

Truck Driver | Jogo recebe primeiro trailer de gameplay

Game leva os jogadores ao mundo dos caminhoneiros oferecendo diversas missões e variados clientes

Games5 dias atrás

Far Cry: New Dawn | Ubisoft anuncia novo jogo da série

Novo título da série Far Cry coloca os jogadores em uma Hope County pós-apocalíptica para enfrentar o grupo Highwatman e...

Games6 dias atrás

Magic: The Gathering| Jogo está na CCXP 2018 com atividades e influencers

O MTG Arena, versão digital do game, também tem espaço com terminais de computador para o público jogar à vontade

Cinema7 dias atrás

Vingadores: Ultimato | Veja agora o primeiro trailer!

A espera acabou! Confira o primeiro trailer de Vingadores: Ultimato!

Games1 semana atrás

Fortnite Battle Royale | Epic Games detalha o Passe de Batalha da Temporada 7

Prepare-se pra correr atrás da categoria 100 do Passe de Batalha novamente!

Games1 semana atrás

Fortnite Battle Royale | Veja o que mudou com o Patch v7.00

Além de várias correções, mudanças e melhorias, novo patch adiciona um novo modo de jogo gratuito, o novo Passe de...

Últimas Notícias1 semana atrás

Triggerun | Assista agora ao nosso gameplay ao vivo no Twitch, YouTube e Mixer

O bom e velho multiplayer online nunca cansa, não é mesmo? Basta ver exemplos como Fortnite, Overwatch e PUBG, que...

Games1 semana atrás

Fortnite Battle Royale | Veja o terceiro teaser da Temporada 7

Terceiro e último teaser da Temporada 7 de Fortnite foi liberado agora pela Epic Games

Em alta