Conecte-se conosco.

Games

Conversamos com Patricia Summersett, a voz oficial da Zelda

Publicado

em

The Legend of Zelda Breath of the Wild não foi apenas o jogo mais aclamado de 2017 e o principal jogo do lançamento do Nintendo Switch, mas também um divisor de águas na história da franquia da Nintendo. Afinal, pela primeira vez tivemos vozes para seus personagens! Dar voz para a Princesa Zelda pela primeira vez era uma grande responsabilidade, que a atriz e dubladora Patricia Summersett tirou de letra! Batemos um papo com ela, e o resultado você confere no vídeo abaixo:


Veja também:


PlayReplay: Como e quando você decidiu começar a trabalhar com dublagem de jogos?

Patricia Summersett: Oi pessoal, é ótimo conversar com vocês hoje, obrigado por me receberem! Quando eu estava na faculdade estudando para me tornar uma atriz, tinha uma aula de dublagem, e foi quando eu vi, pela primeira vez, que você poderia fazer vozes de personagens, e que as pessoas poderiam te pagar por isso, que era realmente uma opção real de carreira. Instantaneamente eu adorei aquilo e pensei “Nossa, isso vai ser ótimo para a minha carreira.” Isso foi 10 anos atrás, e eu venho trabalhando na área desde então. Comecei a gravar demos ainda na faculdade, e também a me candidatar para projetos independentes, o que levou ao meu primeiro videogame, e depois aos grandes jogos AAA. Algo que eu gosto muito sobre ser dubladora de videogames é a chance de interagir com tecnologia de uma forma realmente significativa, que até me ajuda a entender melhor o mundo em que vivemos. De um ponto de vista artístico, é algo que eu aprecio muito.

Conte um pouco sobre o processo que a levou a ser escolhida como a primeira voz da Princesa Zelda.

PS: Quando eu fiz os testes para o papel de Zelda, eu nem sabia que era para dublar a Zelda em si! A Nintendo é altamente sigilosa sobre os papéis, então eu nunca poderia imaginar. O que me passaram foram os detalhes da dublagem, em um teste ao vivo. Eu li que se passaria em um mundo medieval, preferencialmente com um sotaques britânicos, que eles tentaram de várias formas. A idade da personagem parecia muito vaga, tipo, entre 17 anos e… mais velha. Deixaram tudo bem em aberto mesmo, de forma que você não soubesse quem estava dublando, mas ao mesmo tempo teria uma noção do tipo de voz desejada. Então o que eu ofereci foi essencialmente o que eu fiz na chamada depois do meu primeiro teste, e só descobri semanas depois, quando eu tinha conseguido o papel, quem era a personagem. Então muitas das decisões sobre o que eu poderia trazer criativamente já estavam pré-aprovadas, porque elas tinham que passar por vários lugares ao redor do mundo antes de receber um ok. E eu fiquei em choque, eu não… conseguia acreditar no papel que consegui. Que… que era o papel de Zelda. Foi algo que mudou minha vida, explodiu minha mente e continua sendo o presente mais incrível de todos.

Zelda é uma das personagens femininas mais celebradas e queridas do mundo. Nestes tempos em que o feminismo anda tão em pauta, acha que a Zelda pode representar algo legal para as mulheres de todo o mundo?

Sempre que você pega uma personagem feminina que é tão icônica, e ela parte de não ter uma voz para ter uma voz, acho que há um simbolismo profundo nisso, que dialoga com os tempos em que vivemos e as oportunidades que estão lá. Eu amo interpretar guerreiras, e é algo que, na minha vida, é um sonho meu continuar fazendo. Interpretei várias delas, mas Zelda é uma das personagens mais icônicas e gigantescas guerreiras dos videogames, obviamente. Então foi muito legal viajar ao redor do mundo e conhecer muitas mulheres, e poder representar esta personagem guerreira… eu acho que há uma responsabilidade nisso, de interpretar bem o papel e falar bem por todas elas, então… eu tentei.

The Legend of Zelda Breath of the Wild está sendo um sucesso gigantesco de vendas. Seu contato com os fãs mudou depois do lançamento do game?

Então, a comunidade de fãs da Nintendo, para mim… ela mudou minha vida no dia a dia. Eu conheço gente de todo o mundo que ama a Nintendo e sente que Zelda é uma parte grande de suas vidas, e das vidas de suas famílias por 30 anos. Eu conheci o Charles Martinet e falei com ele em duas convenções. Ele é tão incrível também, eu acho que ele aprecia esse presente de ser a voz do Mario… é uma comunidade muito, muito especial! A comunidade de Zelda, a comunidade de Nintendo, o que os jogos representam, o quão bem feitos eles são… As pessoas que gostam de jogos de mundo aberto, desse tipo de jogos de Zelda, tendem a ser muito gentis, a amar fantasia… tendem a ser muito interessadas em enigmas, então rolam até umas discussões intelectuais sobre essas coisas. Tem sido simplesmente incrível. Eu senti muito amor, e tento retribuir isso. É uma ótima troca.

O que você acha que tem em comum com a Zelda? E no que são mais diferentes?

A Zelda não é boba, ela está mais para uma geek, meio nerd, talvez… e eu sou mais bobinha. Mas dá quase na mesma, né? Nós duas também amamos sapos! E isso me lembra até da minha cena favorita, que foi uma das mais divertidas de gravar. Porque eu cresci beijando todos os sapinhos, brincando com eles, tentava apanhar um diferente por dia em Michigan, onde cresci, porque tinha muita fauna ao nosso redor, então… é, na verdade eu tenho bastante em comum com a Zelda, mas se tivesse que escolher uma só… definitivamente é o amor pelos sapinhos.

Vamos imaginar um cenário aqui: Link partiu em uma aventura e vai demorar para voltar, enquanto Zelda está entediada e pensa em se divertir com um dos quatro campeões de Breath of the Wild. Quem ele vai chamar?

Com certeza a Urbosa! Tanto no jogo como na vida real ela é minha amigona agora, porque trabalhamos juntas e passamos a nos conhecer, e ela é simplesmente incrível. Seríamos melhores amigas… tanto no jogo como na vida real.

Você não usa sua voz apenas para dublar, né? Pelo que vimos, você também parece gostar bastante de cantar.

Ah, obrigada por trazer esse assunto, minha carreira musical… na verdade eu estou trabalhando em meu segundo disco agora mesmo. Minha banda se chama Summersett Band… e a razão dela levar o meu sobrenome é porque eu tenho três irmãs envolvidas com música, e duas são cantoras e compositoras, uma com ópera e outra com folk. Então Summersett ficou como o nome da banda para que todas ficássemos ligadas online… então é, eu tento fazer essa fusão com folk, mas também colaboro com outros projetos musicais com várias outras pessoas, porque música é uma parte gigantesca da minha vida. Na verdade eu estou fazendo umas coisas bem divertidas que ainda não contei para ninguém ainda, mas… eu posso estar tentando gravar um trabalho de Zelda a cappella com minhas irmãs para o aniversário de um ano do Breath of the Wild, e você ouviu isso primeiro mas… bom, não é nada demais. Summersettband.com, e se você for ao meu site normal, o patriciasummersett.com, eu também tenho links para meus trabalhos musicais e redes sociais… eu provavelmente vou postar mais coisas em breve, porque vamos gravar um novo disco nos próximos meses.

Você tem trabalhado bastante ultimamente, aparecendo em filmes, séries e jogos. Quais são seus planos para a carreira?

Parte do meu plano profissional é visitar muitas convenções, vão acontecer algumas em outras partes do mundo, vou visitar o Oriente Médio de novo… também vão acontecer alguns anúncios de videogame em breve… muito em breve, na verdade! Então fiquem de olho!

Que tal deixar uma mensagem final para os brasileiros que acompanham o seu trabalho?

Uma mensagem para todos os meus amigos no Brasil… a maioria de vocês eu não conheci ainda, mas eu amo vocês, amo a sua música, sua dança, sua comida, e aposto que a gente se divertiria muito caso nos conhecêssemos. Eu vi que Rainbow Six Siege teve um grande torneio em São Paulo, e como eu faço a voz da Ash no jogo, conhecia algumas das pessoas que foram ao Brasil participar do campeonato, e fiquei com tanta inveja, porque eu adoraria ir e fazer parte disso tudo… E sobre Zelda, quem sabe… em algum momento, vamos, vamos, nos encontrar em uma convenção, eu adoraria conhecer todos vocês, compartilhar o seu cosplay e arte, e sua paixão por seja lá o que for que vocês estiverem fazendo. Obrigado por me receber e gostar do jogo!

Compartilhe

Formado na arte de reclamar, odeia a internet. Ainda assim, sua hipocrisia sem limites o permite administrar a página no Facebook, plataforma de divulgação do seu primeiro livro. Você também pode seguí-lo em @thomshoes no Twitter, mas provavelmente é uma má ideia...

Comentários

Games

Sonic the Hedgehog | Rankeamos seus 10 melhores jogos!

Será que o seu favorito entrou na nossa lista?

Publicado

em

Sonic the Hedgehog é o principal mascote da SEGA, e um dos maiores heróis dos videogames. Desde os tempos dos cartuchos físicos de Mega Drive até o moderno Sonic Mania para download no PC, Nintendo Switch, Xbox One ou PlayStation 4, o que não falta é história para o herói! Hoje resolvemos listar os seus 10 melhores momentos e rankear suas maiores aventuras! Confira abaixo os 10 melhores jogos do Sonic!


Veja também:


10. Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine

Puyo Puyo não conseguiu ter a mesma tração no ocidente que tem Japão, mas você já deve ter visto games parecidos com Puyo, ou mesmo o próprio Puyo rodando com uma skin diferente por aí. Um bom exemplo é Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine! A ideia aqui é unir bolinhas coloridas e, de preferência, criar combos devastadores com elas, planejando o tabuleiro de forma que elas sejam eliminadas em efeito cascata. É bem viciante, e o jogo chegou a ser referenciado como um chefe em Sonic Mania!

9. Sonic the Hedgehog Triple Trouble

Além dos clássicos jogos de Mega Drive, para ajudar o herói a se popularizar e alcançar o máximo de gente possível, também tivemos muitas aventuras feitas sob medida para o Master System e Game Gear, com gameplay bem mais lento e cadenciado do que as versões mais potentes. Entre elas, Triple Trouble se destacou no Game Gear. Além de poder jogar com o Tails, esse game tem o gameplay mais completo entre todos os 8-bits, ainda que também seja um dos games mais fáceis estrelados pelo Sonic….

8. Sonic & All-Stars Racing Transformed

A Sumo Digital conseguiu ir além das típicas corridas cheias de itens, poderes, atalhos e trapaças neste jogo. O gameplay é muito bom, e alternar imediatamente entre veículos terrestres, aéreos e aquáticos torna todas as corridas bem divertidas. All-Stars Racing Transformed é uma gigantesca celebração da história da SEGA, repleta de referências aos grandes jogos de seu passado, tanto em elementos do cenário como no uso de músicas nostálgicas.

7. Sonic Mania

Sonic Mania foi o jogo melhor avaliado do personagem em nada menos que 25 anos! Esse sucesso todo se deveu ao grande trabalho do fã e programador Christian Whitehead. Depois de desenvolver alguns ports do Sonic para aparelhos mobile, ele comandou o projeto de Sonic Mania e soube recriar tudo de melhor que o universo do personagem tinha, misturando tradição e inovação na medida certa. Quem diria que tudo que era preciso para agradar aos fãs era um jogo feito por fãs?

6. Sonic Colors

Sonic Colors tem valor de produção de dar inveja nos melhores tempos do mascote da SEGA, quando ele ainda era o principal rosto dos consoles da companhia. A trilha sonora é incrível, assim como as cenas animadas em computação gráfica. É aqui que conhecemos os Wisps, aquelas criaturinhas coloridas que servem como power-ups dentro das fases, garantindo poderes como voar como um foguete ou furar o chão como uma escavadeira.

5. Sonic & Knuckles

Yuji Naka queria que Sonic 3 e Sonic & Knuckles fossem apenas um jogo, mas a SEGA preferiu lançar o projeto como dois jogos diferentes tanto por problemas com prazos na agenda do console como por falta de memória no cartucho. Como a necessidade é a mãe da invenção, o jogo com Knuckles acabou sendo pioneiro por permitir que os três jogos anteriores do Sonic para Mega Drive fossem encaixados em seu cartucho e liberassem novos recursos nos jogos anteriores, como mais personagens jogáveis!

4. Sonic Lost World

Coisa rara hoje em dia, Sonic Lost World é bem desafiador e não tem medo de colocar algumas fases com dificuldade digna dos tempos 8 e 16 bits, o que é bem coerente com os primeiros jogos do Sonic. É bem legal como diferentes tipos de jogabilidade são mesclados ao longo dos mundos. A perspectiva muda constantemente, e a forma de controle também. As fases em que o Sonic vira uma bola de neve são especialmente desafiadoras!

3. Sonic the Hedgehog

Talvez a galera mais nova não saiba, mas o primeiro jogo do Sonic foi uma gigantesca conquista técnica que representava o auge da tecnologia em seu lançamento. Era o mais belo, mais rápido e mais divertido jogo 16 bits no mercado e, graças ao brilhante trabalho da equipe de desenvolvimento, Sonic conseguiu se tornar o rosto da companhia. O mais legal é que o jogo envelheceu muito bem e, mesmo agora em 2018, ainda é muito divertido jogar do começo ao fim e tentar pegar todas as esmeraldas do caos!

2. Sonic the Hedgehog 2

Sonic 2 foi o primeiro jogo que teve um lançamento mundial coordenado, a lendária Sonic 2sday! Ele redefiniu o modelo de distribuição de jogos, mas o real motivo que o coloca tão alto na lista é que ele é maior e melhor que seu antecessor em todos os aspectos, com fases mais inspiradas, músicas caprichadas e até fases bônus mais divertidas. De quebra, foi aqui que conhecemos Miles “Tails” Prower, o fofo e prestativo parceiro do Sonic, que podia ser controlado por um segundo jogador!

1. Sonic CD

“Sonic boom, sonic boom sonic boooooooooom!” Quem não lembra do comecinho de Sonic CD, com o personagem aparecendo em forma de desenho animado pela primeira vez em um jogo da série? E isso era só o início de uma aventura inesquecível! Viajar no tempo para o passado e para o futuro tentando destruir todas as máquinas do Robotnik, tudo isso enquanto se tenta pegar todas as esmeraldas do caos faz de Sonic CD a jornada 2D com maior fartura de extras e fator replay.

É verdade que faz falta não ter o Tails ou outros personagens jogáveis, mas acho que isso só serve para destacar ainda mais o quão bom é controlar o Sonic nesse jogo! É o merecido primeiro lugar na nossa lista de favoritos. E o seu, qual é? Conte aqui nos comentários ou no fórum do PlayReplay!

Compartilhe

Continue lendo

Games

Dead Cells | Assista agora ao nosso gameplay ao vivo no Twitch

Publicado

em

Jogos no estilo rogue-like estão cada vez mais famosos e ganhando espaço no mundo dos games. Pera, não sabe o que é esse gênero? Ele se trata de um jogo onde o mapa do game é gerado aleatoriamente e você tem a missão de atravessar esse mapa até o fim. Claro que de primeira é uma tarefa bem impossível, então existem upgrades que podem ser acumulados para cada play! E caso você acabe morrendo no percurso, você perde todo seu progresso, voltando para o início do jogo e gerando um novo mapa para se aventurar.

O destaque de hoje vai pro recém lançado Dead Cells, jogo desse gênero que ganhou um grande destaque pela sua qualidade artística e gameplay fluida mostrada nos vídeos de lançamento. Quer conferir o game com a gente? Se liga na live às 16h! Você pode assistir ela por aqui no site mesmo ou entrando em nosso Twitch.

Watch live video from PlayReplayBR on www.twitch.tv

Compartilhe

Continue lendo

Games

Fortnite Battle Royale | Onde encontrar os Portais de Fenda

Saiba onde encontrar os Portais de Fenda para concluir o desafio da 5ª semana da 5ª temporada de Fortnite Battle Royale

Publicado

em

Fortnite Battle Royale é atualmente um dos mais populares jogos do mundo. Disponível de graça para PC, Xbox One, Nintendo Switch (estes com suporte a crossplay simultâneo entre as três plataformas) e PS4 (com o polêmico crossplay apenas com a versão para PC), Fortnite logo se tornou um fenômeno global — ajudando a Epic Games a faturar uma grana e tanto.


Veja também:


Apesar de ser grátis para jogar, é possível adquirir um Passe de Temporada de Fortnite Battle Royale para ter acesso a diversos desafios semanais, que quando completados garantem aos jogadores mais pontos de experiências, itens cosméticos (como novas skins e dancinhas especiais, por exemplo) e, é claro, alguns V-Bucks, a moeda virtual de Fortnite.

Desafio Fortnite: Use Portais de Fenda

Um dos desafios da 5ª semana da 5ª temporada de Fortnite Battle Royale pede que os jogadores utilizem três Portais de Fenda durante as partidas. Este desafio pode ser completado aos poucos, não havendo necessidade de acessar os portais na mesma partida.

Introduzidos nesta temporada atual, os Portais de Fenda funcionam como uma espécie de teletransporte. Quando o personagem controlado pelo jogador entra em contato com um destes portais, ele é automaticamente transportado para um ponto no céu — abrindo possibilidades como locomoção mais rápida e acesso a pontos mais altos muito mais rápido.

Mais abaixo você encontra o nosso mapa com a localização dos Portais de Fenda.

Localização dos Portais de Fenda de Fornite Battle Royale

O mapa de Fortnite Battle Royale é imenso, e para completar este desafio é preciso encontrar e acessar três Portais de Fenda. O problema é que a localização deles nem sempre é óbvia ou de fácil acesso, sem contar que nem sempre eles estão nos exatos mesmos lugares.

Por isso, preparamos este guia com a localização dos Portais de Fenda de Fornite Battle Royale para facilitar a sua vida e completar este desafio mais rápido.

No mapa abaixo (criado com base em mapa similar disponibilizado pelo pessoal da Primagames) você confere a localização aproximada dos pontos onde os portais costumam aparecer.

Fortnite Battle Royale: localização dos Portais de Fenda para o desafio da 5ª semana da 5ª temporada

Fortnite Battle Royale: localização dos Portais de Fenda para o desafio da 5ª semana da 5ª temporada

Basta usar o mapa acima como guia para encontrar os Portais de Fenda, acessá-los e completar o desafio!



Compartilhe

Continue lendo

Últimas notícias

Anime4 dias atrás

One Punch Man | 2ª Temporada do anime ganha teaser trailer

Novos episódios estreiam em abril de 2019 pela JC Staff

Quadrinhos5 dias atrás

CCXP 2018 | Carlos Ruas é confirmado na feira

Autor de Um Sábado Qualquer e Cães e Gatos estará nos quatro dias da feira

Música7 dias atrás

Evanescence | Álbum, Blu-ray e DVD Synthesis Live chega em outubro

Um verdadeiro presente para os fãs da banda

Games7 dias atrás

Red Dead Redemption 2 | Rockstar revela o primeiro trailer de gameplay

Segura, peão!

Especial1 semana atrás

Participe agora mesmo do Forum PlayReplay!

Vem trocar uma ideia com a gente!

Últimas Notícias1 semana atrás

Fortnite Battle Royale | Confira os desafios da 5ª semana da 5ª temporada

Os novos desafios acabaram vazando antes da hora.

Música1 semana atrás

Drake | Veja o clipe de In My Feelings, single do disco Scorpion

Faixa faz parte do disco Scorpion

Games1 semana atrás

A Dark Room | Jogo é anunciado para o Switch

O game de aventura em texto deve chegar ainda este ano no console.

Games1 semana atrás

Detroit: Become Human | Título conta com 1,5 milhão de jogadores

O game também já foi jogado por cerca de 20 milhões de horas no PS4.

Games1 semana atrás

Doom Eternal | Gameplay do jogo será revelado esta semana

Doom Eternal recebeu apenas um teaser bem curto durante a conferência da Bethesda na E3 deste ano, mas logo deve...

Anime1 semana atrás

Cells at Work! | Japoneses elegem os melhores animes da temporada verão 2018

Conheça os 35 animes mais populares, segundo a NTT Docomo

Música1 semana atrás

Selena Gomez | Cantora é a mais pesquisada no Brasil

Ela bateu nomes como Miley Cyrus e Demi Lovato

Anime1 semana atrás

Studio Ghibli | Próximo filme do Miyazaki ainda demorará 3 ou 4 anos para sair

Teremos que esperar um pouco mais por Kimitachi wa Dō Ikiru ka

Séries1 semana atrás

Maniac | Netflix revela trailer da série com Emma Stone e Jonah Hill

Seriado estreia em 21 de setembro

Séries2 semanas atrás

Star Trek | Patrick Stewart estrelará nova série da CBS sobre o Capitão Picard

Audaciosamente indo onde nenhum capitão jamais esteve

Em alta