Conecte-se conosco.

Cinema

Star Trek Discovery tem um voo de estreia turbulento

Publicado

em

Por mais que Star Trek tenha inspirado dezenas de filmes, não há como negar que Jornada nas Estrelas sempre ficou muito mais à vontade na televisão, seja na série clássica absurdamente inovadora de Gene Roddenberry, ou em suas várias derivadas, como as cultuadas Nova Geração, Deep Space Nine e Voyager.


Veja também:


Assim, a notícia de que a CBS e a Netflix disponibilizariam uma temporada completa focada em novas aventuras no universo principal, e não no cânone alternativo estabelecido pela série de filmes da Bad Robot, foi recebida com bastante interesse e, claro, inevitáveis polêmicas na internet, com fãs apaixonados temendo pelo pior. Curiosamente, o primeiro ano de Star Trek Discovery consegue agradar e irritar todos os tipos de espectadores ao mesmo tempo e, infelizmente, isso acontece devido a sua falta de foco.

Os primeiros capítulos são, de longe, os piores da temporada, e mais parecem um extenso, desnecessário e desinteressante prólogo, que poderia ser apagado sem qualquer prejuízo para a série. Ainda que não falte valor de produção neles (todas as naves e planetas mostrados são muito bem feitos, ainda que sua estética pareça derivativa demais do jogo Mass Effect e do filme de JJ Abrams), a trama não empolga.

À bordo da nave Shenzhou acompanhamos a protagonista Michael Burnham (Sonequea Martin-Green) e sua capitã e mentora Georgiou (Michelle Yeoh), mas, após uma batalha infeliz com os Klingons, eles e a Federação começam uma guerra, e Michael acaba perdendo sua patente de primeira oficial e o direito à liberdade após responder por seus atos em um julgamento marcial.

 

Presa e odiada por todos, Michael acaba encontrando uma nova chance à bordo da USS Discovey, onde o Capitão Lorca (Jason Isaacs) nota seu potencial e a coloca para trabalhar com sua tripulação. É uma premissa ok, mas que é pessimamente conduzida por uma trama muito dark, que nada tem a ver com o tom dos seriados anteriores.

Tempos de guerra e conflitos sangrentos até poderiam apontar para um caminho audacioso e servir de gancho para boas soluções otimistas e moderadas, mas praticamente não há espaço para leveza, nem mesmo entre os tripulantes sem carisma da Discovery.  Honrando a histórica luta por diversidade que a franquia Trek sempre se empenhou em trazer muito bem, Paul Stamets (Anthony Rapp) e o Dr. Culber (Wilson Cruz) formam um casal homossexual, mas seu relacionamento é totalmente sem graça e dificulta a criação de empatia, se resumindo a panfletagem vazia e sem graça.

Melhor sorte tem a fofa Sylvia Tilly (Mary Wiseman), que consegue ter um bom arco de personagem, começando como uma garota insegura que fala demais e teme a opinião dos outros, e progredindo lentamente para o posto de uma oficial determinada, que acredita e luta por seus amigos. Sem dúvidas ela é quem mais se aproxima do tom tradicional de Star Trek.

O grande problema da primeira metade da temporada é inserir personagens bem desinteressantes e obrigá-los a enfrentar temas pesados, que vão desde crimes de guerra, passando por estupro e os traumas derivados disso, racismo, abuso animal, enfim, só “diversão”!

Talvez já notando os problemas e insatisfação justificada de uma parcela dos fãs com o clima pesado e militarizado demais, após as férias de fim de ano, a primeira temporada voltou para uma leva final de episódios muito mais palatáveis para quem via a série clássica assiduamente, com direito até a uma exploração rica do Universo Espelho, onde reencontramos o Império Terran, além de uma referência bem bonita à série clássica em seu episódio final.

Atirar para todos os lados pode até não ter gerado o produto final mais coeso do mundo, mas há algo admirável na tentativa de correção de curso no meio do caminho, ainda que isso venha ao custo de sabotar as expectativas de quem estava gostando da série em seus primeiros episódios. Foi um voo turbulento, sem dúvidas, mas se a o próximo ano seguir mais a linha da reta final da primeira temporada, talvez Discovery finalmente encontre um pouco mais de amor quando chegar a seu destino.

Star Trek Discovery - Temporada 1
7 Nota
0 Leitores (0 Notas)
Prós
  • Alto valor de produção
  • Referências nostálgicas
Contras
  • Tom sombrio demais
  • Personagens sem carisma
Avaliação
Star Trek Discovery lutou muito para encontrar sua própria identidade em sua primeira temporada. Os personagens sem carisma atrapalham demais, tal qual o tom sombrio em demasia. Mas, em sua segunda metade, a temporada engrena um pouco e pode agradar até os fãs da série clássica.
O que as pessoas acharam... Deixe a sua avaliação!
Sort by:

Seja o primeiro a deixar uma avaliação.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe a sua avaliação!

Compartilhe

Formado na arte de reclamar, odeia a internet. Ainda assim, sua hipocrisia sem limites o permite administrar a página no Facebook, plataforma de divulgação do seu primeiro livro. Você também pode seguí-lo em @thomshoes no Twitter, mas provavelmente é uma má ideia...

Comentários

Cinema

Bumblebee | Spin-off de Transformers tem nova data de estreia anunciada

Filme se passará na década de 1980

Publicado

em

O primeiro spin-off da franquia Transformers, Bumblebee teve uma nova data de estreia anunciada.

Agora o longa tem previsão de chegar aos cinemas norte-americanos no dia 25 de dezembro de 2018.

O filme se passará na Califórnia nos anos 80, antes dos Autobots e do próprio Optimus chegarem a terra, na época que Bumblebee era apenas um fusca.

O filme é dirigido por Travis Knight, e tem Michael Bay como produtor.

 

Compartilhe

Continue lendo

Cinema

Guillermo Del Toro | Diretor assina com a DreamWorks Animation

Diretor fecha de vez a parceria com o estúdio

Publicado

em

O premiado diretor mexicano Guillermo Del Toro, acaba de assinar com a DreamWorks Animation, a informação é do The Wrap.

Em nota o diretor disse:

“Animação é um tipo de arte que influencia meu trabalho desde pequeno. Para mim, é a mídia perfeita para dar vida a todo tipo de ideias, não importa o quão estranhas e bizarras elas sejam. Estou ansioso para trabalhar com Chris e os artistas da DreamWorks — alguns dos mais talentosos do mercado atualmente — para tornar essas imagens realidade. Trabalho com a DreamWorks há quase uma década e o horizonte continua se ampliando.”

Até então del Toro havia participado de projetos da empresa, como O Caçador de Trolls e Kung Fu Panda, agora ele irá desempenhar o papel de diretor e produtor em projetos futuros do estúdio.

 

Compartilhe

Continue lendo

Cinema

Venom | Visual do simbionte é revelado no primeiro trailer; assista

Primeiro trailer de Venom mostra o visual de Eddie Brock (Tom Hardy) transformado no anti-herói da Marvel

Publicado

em

Famoso por ser um dos mais assustadores e perigosos vilões do Homem-Aranha, com o passar dos anos, devido à sua popularidade, Venom acabou por se tornar um anti-herói nas histórias em quadrinhos da Marvel.

O personagem fez sua estreia nas telonas no fraquíssimo Homem-Aranha 3, dirigido por Sam Raimi, com Tobey Maguire no papel principal e Topher Grace como Eddie Brock/Venom.

Agora, Venom vai estrelar seu próprio filme — e depois de um teaser que não mostrava o personagem principal transformado, finalmente podemos ver o visual de Eddie Brock transformado graças ao simbionte.

Assista agora ao primeiro trailer de Venom:

Nós somos Venom. Um dos personagens mais enigmáticos, complexos e maneiros da Marvel chegará às telonas estrelando Tom Hardy, ator indicado ao Academy Award, como o mortal Venom.

Venom chega aos cinemas norte-americanos em outubro, mas ainda não tem data de lançamento definida para o mercado brasileiro.

Compartilhe

Continue lendo

Últimas notícias

Games46 minutos atrás

Minecraft | Skins de Final Fantasy XV já estão disponíveis

Agora já é possível fazer suas aventuras em Minecraft com Noctis e seus amigos.

Games2 horas atrás

Death Road to Canada | Jogo é adiado no Switch após tragédia em Toronto

Os desenvolvedores do game acharam melhor adiar o lançamento do game depois de um incidente em Toronto.

Games3 horas atrás

Nintendo Labo | Jogadores usam piano para tocar músicas conhecidas

Não demorou para os jogadores do Nintendo Labo começarem a tocar músicas famosas no pianinho.

Games4 horas atrás

Harry Potter: Hogwarts Mystery | Jogo mobile já está disponível

O jogo mobile baseado na franquia de Harry Potter já pode ser baixado no Android e iOS.

Games17 horas atrás

Wolfenstein II | Data de lançamento no Switch é anunciada

A Bethesda anunciou oficialmente a nova data de lançamento do game no console da Nintendo.

Música17 horas atrás

Shawn Mendes | Confira o clipe oficial de In My Blood

Cantor fará show no Brasil ainda este ano

Games18 horas atrás

Twitch Prime | Jogos gratuitos de maio são anunciados

Neste mês, o Twitch Prime oferecerá nada menos do que seis jogos para o seus assinantes.

Séries18 horas atrás

Jack Ryan | Amazon renova série antes mesmo de sua estreia

Primeira temporada estreia em 31 de agosto

dark souls dark souls
Games19 horas atrás

Dark Souls Remastered | Donos da versão original terão desconto no PC

A Bandai Namco dará uma boa oportunidade para quem já possui a versão antiga do jogo no Steam.

Anime20 horas atrás

Fate | Fate/stay Night: Heaven’s Feel I. Presage Flower estreia em junho nos EUA

É o primeiro capítulo de uma trilogia cinematográfica

Séries21 horas atrás

Sense8 | Desfecho da série vai ao ar em 8 de junho

Final terá duas horas de duração

Games21 horas atrás

Fortnite Battle Royale | Saiba quando a 4° temporada começa

A 3° temporada de Fortnite Battle Royale está prestes a acabar, mas uma nova começará logo em seguida.

Quadrinhos23 horas atrás

CCXP | Jill Thompson e John Romita Jr. são confirmados na CCXP 2018

Ingressos já estão à venda no site oficial da Comic Con Experience

Cinema23 horas atrás

Bumblebee | Spin-off de Transformers tem nova data de estreia anunciada

Filme se passará na década de 1980

Cinema24 horas atrás

Guillermo Del Toro | Diretor assina com a DreamWorks Animation

Diretor fecha de vez a parceria com o estúdio

Em alta